Corpo de estudante encontrado nas águas do Purus

purusw_h_5775_lago_px_purusPopulares conseguiram localizar no final da manhã de ontem por volta de 11h50 horas o corpo do estudante Moisés Bandeira da Silva, 13 anos.
Edinaldo Gomes, da Agência ContilNet

Populares conseguiram localizar no final da manhã de ontem por volta de 11h50 horas o corpo do estudante Moisés Bandeira da Silva, 13 anos, que foi vítima de afogamento nas águas do Rio Purus. De acordo com informações, o corpo foi encontrando boiando próximo a comunidade Boca do Iaco.

Após ser resgatado de dentro do rio, familiares intencionavam levá-lo para o sepultamento, mas a equipe do Corpo de Bombeiros entendeu que era preciso removê-lo ao Instituto Médico Legal (IML), já que esse é um procedimento de praxe.

A família estava reclamando principalmente da demora, uma vez que o encaminhado para Rio Branco, onde foi feito o exame cadavérico se deu somente por volta de 17 horas.

O caso

De acordo com informações, Moisés Bandeira, 13 anos, que era estudante, se encontrava tomando banho no Rio Purus quando foi pego de surpresa por uma forte correnteza e arrastado para um poço de profundidade considerável de onde não conseguiu mais sair para a margem do manancial.

O fato ocorreu nas proximidades da comunidade Santa Maria. O menor teria se deslocado ao lugar na companhia do irmão, que por sua vez, estava ajudando os moradores a desobstruir o rio e não chegou a tempo de salvar a vítima.

Naquela região (Santa Maria) bancos de areia praticamente fecharam o rio e embarcações de grande porte não tem condições de passar de um lado para o outro, por isso, a comunidade realiza escavações no local para tentar liberar a passagem. Enquanto seu irmão trabalhava, o garoto aproveitou pra tomar banho e estava em cima de uma pedra quando foi arrastado pela correnteza.

No momento do desaparecimento os moradores promoveram vários mergulhos no local na tentativa de encontrarem o menor, mas não obtiveram êxito.

Informações repassadas pela família apontam que o menor sabia nadar, mas bateu a cabeça em uma pedra, por isso, findou sendo tragado pelas águas.