Governador a secretários depois de 240 dias: ‘Que ninguém tente esconder os erros’

A Câmara de Resultados do Governo será reunida a cada 120 dias para avaliar os resultados, a eficiência e também as falhas de gestão. Esta é a segunda reunião, que avalia os 240 dias do governo Tião Viana.  A Câmara é composta pelo conjunto de atores da gestão: secretários, adjuntos, diretores, assessores de planejamento e dirigentes da administração indireta.

240_dias_governo_foto_gleilson_miranda_05governador faz questão de acompanhar os resultados da gestão de perto. Ele conta com uma equipe específica para auxiliá-lo neste monitoramento, por meio do programa, o SIG, Sistema Integrado de Gestão, que permite o acompanhamento semanal de todos os programas executados em cada secretaria. Todos os secretários têm obrigação de alimentar o bando de dados. “Quem não alimentar vai ser penalizado. Na primeira semana de atraso de informações eu dou um cartão amarelo. Na segunda vez, corta-se o duodécimo. Não tem como governar sem informação. Espero que todos entendam o trabalho desta equipe”, comentou o governador.

“Eu estudo gestão há um bom tempo e não vi, no Brasil, um método tão eficiente como este que estamos usando. Eu sou o governador e vejo que isso é meio que como ser o pai dos secretários. E, como pai, a gente brinca, elogia, reconhece, mas também puxa a orelha. E eu espero que ninguém tente esconder o erro. Porque erro, a gente assume, compartilha e busca ajuda para resolver. É para isso que estamos aqui”, disse Tião Viana.

O governo em eixos

A avaliação dos 240 dias de governo foi dividida em eixos que agrupam diversas secretarias. No primeiro dia foram avaliados os eixos Economia Sustentável, Infraestrutura e Gestão Pública. Na sexta-feira será a vez dos eixos Saúde, Segurança e Educação e Desenvolvimento Social.