Conselho da Floresta do Antimary se reúne para definir ações que serão tomadas na reserva

O Conselho da Reserva Florestal do Antimary formado por associações de moradores da reserva, órgãos do governo do Estado e Federal, movimentos sociais e outros se reuniu em na tarde de sexta-feira, 14, na Biblioteca da Floresta.

capaescolha_do_conselho_floresta_antimary_foto_gleilson_miranda_01O secretário de Florestas do Estado, João Paulo Mastrangelo explica que a reunião extraordinária acontece devido a denúncias relacionadas à floresta do Antimary. “Nós vamos apresentar uma prestação de contas de todos os processos relacionados à floresta e que visam comprar a lisura desses processos realizados na floresta do Antimary nos últimos anos”, esclarece o secretário.

Durante a apresentação da prestação de contas das ações tomadas pela Secretaria de Floresta (SEF), João Paulo Mastrangelo ressaltou que há pelo menos três anos o projeto desenvolvido no Antimary vem mostrando bons resultados e que os moradores daquela área estão sendo remunerados pelo trabalho de manejo sustentável e pela preservação ao meio ambiente.

Segundo o secretário, a partir dos documentos apresentados pela Secretaria de Floresta o conselho deverá se posicionar e definir o que deverá ser feito com relação às denuncias que surgiram nas últimas semanas em relação ao trabalho de manejo florestal sustentável que é realizado naquela área.

Trabalho reconhecido e premiado – O projeto desenvolvido na Floresta Estadual do Antimary, localizada na BR-364, em Sena Madureira, é reconhecido e já recebeu prêmios. Em 2004 o projeto foi um dos premiados entre os 20 melhores projetos de gestão pública e cidadania.