Dilma libera 10 bi para 10 estados (Acre receberá 700 milhões)

Além do plano, o governador Tião Viana apresentou o resumo dos investimentos que serão realizados com o financiamento do BNDES, que foi garantido com a aprovação do ajuste fiscal. Confira algumas obras e ações que serão realizadas a partir do empréstimo de mais de R$ 700 milhões que foi aprovado pelo BNDES e autorizado pelo governo federal:

 
tio2stu9233Os investimentos

  • Urbanização de uma área de 64,3 hectares com implantação de ciclovias, área de lazer, valorização do leito de igarapé e recuperação da mata ciliar, beneficiando cerca de 2.000 famílias em Cruzeiro do Sul.
  • Implantação de três centros de convivência para o idoso (Xapuri, Feijó e Rio Branco) com espaços para o desenvolvimento de atividades de lazer e cultura
  • Implantação de cinco indústrias artesanais de processamento de peixes (Rio Branco, Assis Brasil, Cruzeiro do Sul, Marechal Thaumaturgo, Tarauacá e Manoel Urbano).
  • Construção de dez abatedouros artesanais de aves e suínos nos municípios do Alto Acre.
  • Aquisição de máquinas e implementos agrícolas
  • Construção de Unidade de Armazenagem de Grãos, com construção de três silos nos municípios de Acrelândia, Capixaba e Rio Branco e a Ampliação de três silos em Brasileia, Plácido de Castro e Senador Guiomard.
  • Revitalização do Balneário Igarapé Preto, em Cruzeiro do Sul,
  • Apoio a Pequenos Negócios Urbanos,
  • Implantação da Escola de Gastronomia e Hospitalidade do Acre,
  • Fortalecimento da Produção em Comunidades Indígenas,
  • Implantação do Frigorífico de Peixes e do Núcleo Tecnológico de Piscicultura na Regional do Juruá.
  • Implantação e Fortalecimento dos Polos Industriais nas Regionais do Alto Acre, Purus e Tarauacá-Envirá.
  • Instalação de Agroindústrias de Fruticultura
  • Construção da Fábrica de Fécula de Macaxeira em Cruzeiro do Sul.
  • Implantação do Polo Oleoquímico.
  • Modernização do Controle Interno do Estado.

Senador comemora

Anibal Diniz também comemorou a liberação de crédito de R$ 700 milhões ao governo do Acre. Com o empréstimo do BNDES, o senador espera que o governo possa investir em ações de infraestrutura e na produção. A assinatura do empréstimo foi feita nesta quinta-feira, no Palácio do Planalto, com a presença de governadores de dez estados.