Base receberá investimentos, segundo conselho gestor

Representantes do Comitê Gestor de Rio Branco formado pelo Depasa, Deracre, Emurb, Saerb e Seop estiveram reunidos na última segunda-feira, 31 de outubro, com os moradores do bairro da base para ouvir as reivindicações da comunidade, que há muito tempo sofre com o problema da erosão do barranco do rio Acre.

baseurbanizao_do_entorno_do_mercado_dos_colonos_foto_sergio-vale_2Entre as principais reivindicações da comunidade está a pavimentação de ruas e trabalhos na encosta do rio, além da construção de uma quadra de esporte e lazer para os moradores. Depois de ouvir todas as propostas, o presidente do comitê gestor, Marcus Alexandre, prometeu fazer estudos técnicos para viabilizar as reivindicações dos moradores, principalmente o trabalho de tapa buracos.  

Para ele, o trabalho do comitê tem se voltado para atender não apenas as demandas dos moradores, mas também possibilitar uma melhor qualidade de vida com obras que possam estar presentes no dia-a-dia de pessoa. “Estamos trabalhando para que o bairro da base seja contemplado com obras que possam contribuir a melhoria da qualidade de vida”, disse Marcus Alexandre.  

O secretário de Obras, Wolvenar Camargo, explicou o projeto “Urbanização do Entorno do Mercado dos Colonos”, que irá beneficiar diretamente os moradores do bairro da base. Entre os trabalhos que serão realizados está a construção de taludes para fazer a contenção do processo de erosão da encosta do rio, além da revitalização das áreas degradadas.  

O trabalho realizado em torno da encosta do rio começou, na verdade, no governo Binho Marques e que vem sendo dada continuidade com o governo de Tião Viana. O projeto de urbanização iniciou com a pavimentação de ruas para dar possibilidade a trafegabilidade de veículos e cuja complementação da obra será realizada agora.  

Como parte do processo de urbanização está ainda a recuperação do sistema de drenagem e a conclusão de parte da calçada, outra reivindicação dos moradores que será atendida pelo comitê gestor. O secretário de Obras explicou como será o trabalho de contenção da encosta que irá contemplar também uma rampa de acesso para quem desembarca no porto local. Para realizar o sonho dos moradores, serão investidos R$ 7 milhões, recursos da Suframa e também do próprio governo do Estado.  

O presidente da associação dos moradores do bairro, Carlos Gomes, se mostrou feliz com a iniciativa do governo em se reunir com os moradores e atender todas as demandas da comunidade. “Nossas expectativas são as melhores, já que temos um governo e uma prefeitura que se preocupam com a nossa população”, afirmou.  

Em relação a uma passarela que seria construída no local, outra preocupação dos moradores, Marcus Alexandre explicou que foram realizados os primeiros estudos para ser encaminhados ao BNDES, mas o governo trabalha com prioridades e o recurso da obra será investido em setores que necessitam de uma maior atenção nesse momento.  

“Os moradores do bairro da base não precisam se preocupar porque ninguém será retirado de suas casas (uma preocupação dos moradores), pois a passarela ficou apenas no estudo técnico. Temos outras prioridades para os moradores que são água, pavimentação e rede de esgotos, onde daremos uma atenção especial”, explicou o presidente do comitê gestor.