Rio Branco terá Pólo Logístico em área de 130 hectares

Deputados aprovaram na sessão desta quinta, 15, o projeto que cria o Pólo Logístico de Rio Branco e institui a Política de Incentivos às Atividades Comerciais e de Distribuição no município. O projeto cria também  a Comissão da Política de Incentivo ás Atividades Comerciais e de Logística de Distribuição no Acre (COPAL), que será coordenada pela Secretária de Estado e Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comercio, Serviços, Ciência e Tecnologia (SEDICT).

aleacImagem-003De acordo com o projeto, a política de incentivo orientará e realocará o setor de apoio logístico e de distribuição de Rio Branco em conformidade com as orientações do Zoneamento Ecológico e Econômico do Estado, além de gerar empregos e renda. Também tem como objetivo diversificar a base produtiva, incentivando a centralização da localização dos empreendimentos e a formação intraestadual de cadeias produtivas e sistemas de valores.

O projeto explica ainda que a Política de Incentivos às atividades de distribuição e logística consistirá em apoiar as iniciativas de novos negócios e dos investimentos vinculados às áreas de distribuição e logística, bem como a implantação do Pólo Logístico de Rio Branco para empresas atacadistas do ramo de distribuição e logística, conforme regulamentação do Poder Executivo.

O Pólo Logístico de Rio Branco funcionará numa área de 130 hectares.

O secretário da SEDICT, Edvaldo Magalhães, comemorou a aprovação do Pólo Logístico pela Assembleia Legislativa.

-Este é uma grande contribuição que a Assembleia dá ao desenvolvimento do Estado – declarou Edvaldo Magalhães.