26 milhões para saneamento básico para municípios

O governador Tião Viana assinou nesta quarta-feira, 21, com o presidente da Funasa, Gilson de Carvalho Queiroz, contratos de mais de R$ 26 milhões para a execução de obras de saneamento básico, com abastecimento de água e esgotamento sanitário, em nove dos 20 municípios acreanos com menos de 50 mil habitantes.

Tio_no_Planalto_-_1Os municípios que tiveram seus contratos assinados são Acrelândia, Assis Brasil, Brasileia, Feijó, Jordão, Manuel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre e Santa Rosa do Purus, que receberão recursos da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento, o chamado PAC 2.

Segundo o governador, os demais 11 municípios acreanos com menos de 50 mil habitantes terão seus contratos de saneamento básico assinados a partir de fevereiro do próximo ano, dentro dos grandes investimentos anunciados para o setor pela presidente Dilma Rousseff, em cerimônia ocorrida no Palácio do Planalto, da qual Tião Viana participou junto com outros governadores, dezenas de prefeitos e vários ministros de Estado.

“É o início de um enorme desafio de consolidação de saneamento básico pleno para todas as cidades do Estado do Acre”, disse o governador, ao destacar que “a presidente Dilma Rousseff tem tido uma sensibilidade absoluta” quando se trata de melhorar a qualidade de vida da população brasileira.

Segundo o governador, a presidente determinou à Funasa um tratamento técnico e rigoroso para quem se interessa em investir na política de saneamento. “O nosso governo correu à frente desse processo. Aprovamos os primeiros R$ 26 milhões e espero até fevereiro entregar outra etapa de projetos”, assinalou o governador.

“Aqui não estamos trabalhando com carta de intenção de governo, não estamos trabalhando com projetos básicos. Estamos trabalhando com projetos executivos rigorosos, analisados tecnicamente com muito rigor e que possam atender de fato a mudança nos padrões de qualidade de vida da nossa população”, completou Viana.

Para Tião Viana, depois dos avanços estruturantes dos governos de Jorge Viana e de Binho Marques, a atual gestão avança para que se possa romper no Acre a defasagem e a desigualdade que o Estado ainda tem em relação ao saneamento básico e a qualidade de vida da população.  “Se Deus quiser, até 2014, o Acre estará afirmado como o Estado brasileiro dos melhores indicadores do saneamento básico do Brasil”, assinalou.

O governador também destacou que sua gestão está em busca do melhor resultado para a infraestrutura urbana de todos os municípios acreanos. Nesse sentido, ele lembrou o compromisso direto que assumiu em pavimentar todas as ruas do Acre porque a Organização Mundial da Saúde coloca como ponto central de suas diretrizes determinantes para a saúde a pavimentação de ruas, com o direito de mobilidade e de ir e vir de um deficiente físico, de um idoso, de uma criança e de uma mulher. “Isso é cidadania, é dignidade, e o governo do Acre está o mais avançado nessa área”, completou Tião Viana.