Sena precisa de 150 novas casas para resolver problema com enchente

No ano passado Sena Madureira recebeu do governo do estado 114 unidades habitacionais que foram entregue a moradores de baixa renda e que moravam em áreas baixas da cidade e que, toda vez que acontecia uma enchente do Rio Iaco e seus afluentes, era preciso retirá-los e abrigá-los em algum prédio público.

senacapa1Para resolver o problema quase que 100% a prefeitura local informou, por meio do seu titular Nilson Areal, que o município necessita mais 150 casas para quase zerar o problema das enchentes até quando a cota atingir 17 metros. Nesta noite de terça, a medição da Defesa Civil registrou 17m37cm, às 18h.

-Ou seja, se conseguirmos 150 moradias a mais vamos retirar as famílias que ainda moram em áreas problemáticas e pronto. No índice de hoje, de 17,37, teríamos muito pouco problema ou quase nenhum com casas atingidas – afirmou o prefeito Nilson Areal.

Segundo a Defesa Civil, há em Sena Madureira 190 famílias desabrigadas atualmente (dados da manhã de terça). A maioria está em abrigos públicos e em casas de amigos e parentes. O governador Tião Viana autorizou hoje o envio de mantimentos, ou chamados ‘sacolões’ para o município.

Uma suspeita de Dengue numa menina que está morando provisoriamente num abrigo público com a mãe foi descartada após exame feito na rede de saúde municipal.