Homem morre eletrocutado na 6 de Agosto

Rio Branco – Uma ligação clandestina de energia elétrica, conhecida como “gato”, foi responsável pela morte de um homem que auxiliava na retirada de famílias de áreas alagadas no bairro Seis de Agosto.

A vítima, identificada como Alan, morreu após receber uma descarga elétrica. A morte foi registrada na tarde desta sexta-feira, 24, e confirmada pela equipe da Defesa Civil do Estado. O incidente aconteceu na rua Cearense, 476, beco São Domingos. O voluntário era funcionário do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre).

Na terça-feira, 21, a empresa de distribuição de energia elétrica do Acre, Eletrobras, efetuou o desligamento da rede de tensão do bairro Seis de Agosto por medidas de segurança ressaltando que ligações elétricas em áreas alagadas representam risco à população.

Na ocasião, um grupo de moradores da região interditou o trafego na Avenida Amadeo Barbosa reivindicando a religação da rede. Os líderes do protesto afirmavam que somente desobstruiriam a via quando a energia fosse ligada.

A Polícia Militar foi ao local para negociar com o grupo que protestava. Juntamente com assessores da equipe de governo e com o comandante da Polícia Militar, coronel Anastácio, os policiais explicavam que o desligamento da rede de tensão se fazia necessário para evitar que moradores fossem vítima de descarga elétrica.

Contudo, o protesto não foi encerrado, e uma equipe do Batalhão de Operações Especiais precisou ser acionada para conter a manifestação, que impedia a passagem de condutores que tentavam trafegar entre o primeiro e o segundo distrito da cidade utilizando a Quarta Ponte e a Avenida Amadeo Barbosa.