Cabo se mata no quartel de Santa Rosa com a própria arma

O Exército confirmou em nota divulgada nesta manhã de quarta o suicído de Paulo Sérgio Campelo da Silva Franco (Cabo Campelo). Ele se matou com um tiro de pistola nas dependências do quartel do município de Santa Rosa, por volta das 10h30min de segunda, 28.

santarosaDSC06162Em nota, o Exército afirma que ‘as circunstâcias que envolveram a morte do militar estão sendo apuradas em inquérito policial militar instaurado pelo comandante do 4º BIS, que tem o prazo de 30 dias para a sua conclusão‘.

Em outro trecho da nota, o Exército ‘se solidariza com a família da vítima e afirma que  todas as medidas necessárias para apoiá-la estão sendo providenciadas‘. A nota do Exército é assinada pelo General Ubiratan Poty, comandante da 17ª Brigada de Infantaria e Selva.

Cabo Campelo (filho de um sindicalista do PT) servia em Epitaciolândia, mas estava destacado para ajudar no Pelotão Especial de Fronteira de Santa Rosa na ajuda aos desabrigados da enchente do Rio Purus no município acreano.

Segundo informações não confirmada pelos Exército e família da vítima, Cabo Campelo teria deixado uma carta explicando ‘os motivos’ de sua decisão de por finm à própria vida.

[foto: arquivo/internet]