Instituto explica fuga de adolescentes em Sena Madureira (‘falha na segurança’)

O Instituto Socioeducativo do Acre (ISE) informa que na noite de quinta-feira, 17, por volta das 21 horas, 11 adolescentes do Centro Socioeducativo Purus, em Sena Madureira, fugiram. As grades de dois alojamentos foram serradas com material não identificado. Dessa forma, os internos tiveram acesso à área de segurança e às chaves dos portões para liberar os demais socioeducandos. Uma falha no procedimento de segurança tornou isso possível. Havia 25 adolescentes no prédio, e alguns se recusaram a participar da ação.

sena aéreaNo momento em que a equipe de segurança da unidade percebeu a fuga, as polícias Militar e Civil foram acionadas para começar as buscas. (foto aérea de anderson guizolfe)

De acordo com o presidente do ISE, Henrique Corinto, procedimentos administrativos já foram iniciados. “Uma equipe da corregedoria e de apoio de Rio Branco está em Sena Madureira para rever o parâmetro de segurança da unidade. O Centro Socioeducativo Purus tem sistema de segurança com monitoramento de imagens que ajudarão na apuração do ocorrido”, informa.

Segundo Corinto, algumas famílias já estão contribuindo com as buscas. “Todos os que fugiram são de Sena Madureira. Assim, esperamos que não consigam ir longe. Sabemos que estão sem armas e sem dinheiro. Logo deverão ser apreendidos, pois estamos com toda a força de segurança trabalhando nisso. Algumas mães também já nos procuraram e disseram que vão entregar os filhos. Nesse momento, pedimos a colaboração das famílias e da população.”

Na manhã de sexta-feira, 18, a direção do Centro se reuniu com a juíza da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Sena Madureira, Andréa da Silva Brito, para montar um plano de ação.

Fotos de Sena aqui no flickr oestadoacre.com