Velório de filha, genro e neta de ex-prefeito de Rio Branco em Campo Grande é marcado por emoção

O velório de quatro das cinco vítimas do acidente aéreo, que ocorreu em Corumbá na manhã de sábado (19), foi marcado por emoção e lembrança do pecuarista Ricardo Jardim de Almeida, 48 anos, da publicitária Fernanda Braga dos Santos (acreana e filha do ex-prefeito de Rio Branco, Fernando Inácio), 35, Valentine, de 1 ano, e gerente da fazenda, Rudinei Joca Monteiro, 50 anos. O corpo da babá Micheli Dias Marques, de 18, foi levado para Ponta Porã, onde mora a família. Leia abaixo informações sobre Fernanda Braga e sua relação com o Acre.

velóriocampograndeFamiliares se disseram abalados e preferiram não falar durante o velório e sepultamento, na manhã de hoje (21), no Parque das Primaveras, em Campo Grande. Os poucos amigos que tiveram palavras, descreveram a boa índole do casal Ricardo e Fernanda, o jeito trabalhador de Rudinei.

“Não é demagogia, mas a Fernanda era uma pessoa de muita doçura, delicadeza, uma moça adorável”, comentou a arquiteta Priscila Santini de Oliveira, 37 anos, que trabalhou com Fernanda por um ano e quatro meses na Plaenge.

Priscila disse ter ficado muito triste com a notícia do acidente aéreo. “Quando morre a família inteira é uma coisa brutal”, resumiu. Fernanda tinha saído da Plaenge, mas ainda atuava fazendo freelancers na empresa, mantendo contato com as amigas.

Fernanda, Ricardo e a filha, Valentine foram velados em uma sala e ao lado, em outra sala, foi velado Rudinei. Como Fernanda esperava uma outra menina, o feto também foi velado em caixão separado. O corpo de Micheli foi levado para Ponta Porã.

Amigo do pai de Fernanda, o engenheiro Mário Márcio Figueiredo, 72, revelou que o clima é de muita tristeza. “Trabalho junto com o pai da Fernanda, que também é engenheiro, na Sanesul, todo mundo que trabalha junto veio aqui”, disse, durante o velório.

Experiente – Amigo de infância de Ricardo, Hector Lefrevre, 48 anos, revelou que a maior característica dele era que era um homem sistemático.

“Era uma pessoa sistemático, tudo dele era certinho”, comentou Hector, afastando qualquer possibilidade de erro humano no acidente, devido à experiência de Ricardo como piloto.

Além de pecuarista, Ricardo tinha uma indústria que fabrica elevadores para deficientes físicos.

Já Rudinei, conhecido como “Bugre”, não só administrava a fazenda Gertrudes, de propriedade de Ricardo, como era amigo da família. “Estava junto com eles faz mais de 30 anos, já era da família”, comentou Hector. Segundo amigos, Rudinei era um homem de muito trabalho e responsabilidade.

Identificação – Segundo a Polícia Civil, uma corrente de ouro possibilitou a identificação de Ricardo, e Fernanda foi identificada pela gravidez. Com isso, outros dois adultos foram identificados pelo sexo. Os quatro foram carbonizados no acidente.

Já Valentine foi arremessada do avião e morreu na hora, mas não foi carbonizada.

—————-

Acre – família Braga sofre com tragédia

Familiares que moram em Rio Branco – e são muitos – estão chocados. Aqui moram vários tios, tias, e pelo menos uma dezena de primos de Fernanda.

[Fernanda era filha do ex-prefeito de Rio Branco, Fernando Inácio (década de 80. Foi o prefeito que elaborou primeiro Plano Diretor da capital, construiu o Mercado Novo, da Epaminondas Jácome, e o Ginásio Coberto), estava no avião com a filha pequena e o marido. Fernanda Braga dos Santos Almeida estava grávida. Nenhum dos cinco passageiros sobreviveu.

O ex-prefeito Fernando Inácio mora em Campo Grande (MS) e é casado com uma acreana (Rosa), da família Braga.

Em 17 de setembro, na sua fan page, Fernanda postou uma mensagem ao seu marido pelo celular: ‘Há 6 anos iniciamos uma linda história alicerçada em cumplicidade, respeito, fidelidade e muito muito amor. Ricardo, você é um presente de Deus e as nossas garotinhas são o símbolo disto!!! Obrigada pela linda família que construímos. Amo amo amo infinito…’]

Corpos de filha, genro e neta de ex-prefeito de Rio Branco foram resgatados 32 horas depois e estão em Campo Grande

Tragédia no Pantanal: avião caiu a um minuto da pista (família Braga que mora no Acre sofre)