Presidente do PT: ‘Márcio Bittar é da época de ouro da corrupção no Acre’

O presidente regional do Partido dos Trabalhadores, Leonardo de Brito, rebateu as críticas proferidas em um programa de TV pelo deputado federal Márcio Bittar (PSDB). Durante o Gazeta Entrevista, que foi ao ar na noite da última quinta (31), o tucano fez críticas, segundo o PT, ‘desonestas’, aos ex-governadores Jorge Viana, Binho Marques e ao Partido dos Trabalhadores ao qual comparou com um “balaio de ratos”.

leodopt“Márcio Bittar pediu autorização para o prefeito Vagner Sales para dizer que o PT é um balaio de ratos. Logo este que é condenado por peculato, ou seja, roubo de dinheiro público. É difícil para o Márcio fazer esse tipo de afirmação, logo ele que é filhote da Era de Ouro da corrupção no Acre e está sendo investigado pelo envolvimento no nacionalmente conhecido esquema de notas frias da empresa Marca Texto”, comentou Léo.

Para Léo de Brito, PT e PSDB são diferentes nos seus princípios mais básicos. “O PT é e sempre continuará sendo o partido que mais luta pela transparência e ética na política, ao contrário do PSDB que figura entre os primeiros partidos nos rankings de fichas-sujas do Brasil”, disse.

Bittar também aproveitou o programa de TV para taxar de xenofóbicas as declarações do Senador Jorge Viana. “O Márcio não entendeu o que o Jorge disse. Na verdade, o que ele critica não é o fato do Márcio não ser acreano, mas o pouco apreço que ele tem pelo Acre. Só vem aqui pra tratar de eleição e até de suas terras já se desfez. Nem produzir pelo Acre, ele produz mais.”

Léo de Brito também defendeu o ex-governador Binho Marques, que também foi atacado por Bittar. “O Acre exportou o Binho Marques para dar uma grande contribuição para todo o Brasil através do Ministério da Educação do governo Dilma, ao contrário do deputado Márcio, que quando ficou sem mandato se refugiou no Amazonas”, finalizou Léo.