Polícia Civil ganha reforço de 250 novos agentes

O último concurso público da Polícia Civil do Acre selecionou 250 novos homens para fazer parte da corporação. Destes, 53 já ocupavam o cargo de agente penitenciário. Mas um dilema surgiu, pois durante o curso de formação, o valor da bolsa é inferior ao salário de agente penitenciário. Porém, após reinvindicação do grupo, o governador Tião Viana anunciou na manhã desta quarta-feira, 29, que encontrou amparo legal para manter o salário integral dos agentes durante o curso de formação.

Em um encontro na Casa Civil, o governador teve a honra de dar a notícia positiva da proposta feita pelos agentes penitenciários. “Vocês estão saindo do cargo de agente penitenciário, que é uma profissão muito difícil. Porque só quem sabe o que é um presídio sabe o que vocês passam. E vocês vão entrar agora numa atividade policial que também não é nada fácil. Mas é uma profissão linda, que combate os males da sociedade. Sejam muito felizes nessa conquista”, disse o governador.

[agana]