Mano vai a Brasília em busca de recursos para recuperar ruas de Sena

Diante da insuficiência dos recursos próprios do município para a realização de obras reivindicadas pela população, o prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino, viajou no começo da tarde desta segunda-feira, 17, para Brasília, com a finalidade de lutar pela liberação de recursos federais para a terceira maior cidade do Acre.

Devendo retornar somente na próxima quinta-feira, 20, Rufino cumprirá extensa agenda na capital federal. O primeiro compromisso será na Fundação Nacional de Saúde (Funasa), onde a Prefeitura de Sena Madureira pleiteia a liberação de recursos que serão aplicados na implantação do aterro sanitário do município, com vistas a acabar com o lixão existente na BR-364. “No ano passado, a Funasa abriu um edital nesse sentido e pudemos cadastrar a Prefeitura de Sena, pois já estávamos com o projeto pronto. Agora, iremos solicitar a ajuda da bancada federal para que possa nos acompanhar e nos ajudar nessa luta”, adiantou.

Em 2014, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente conseguiu a Licença de Instalação do Aterro Sanitário e depende exclusivamente da verba para iniciar as ações.

Emendas

No ano passado foram empenhados em torno de 7 milhões de reais em emendas para Sena Madureira, por meio dos parlamentares acreanos. “Estaremos empreendendo todos os esforços para que haja a liberação desse recurso. Estamos no período de liberação das emendas, por isso, precisamos correr contra o tempo para obtermos êxito”, completou.

O prefeito garantiu que, ao ser liberado, grande parte desse recurso será empregada na construção e melhoramento das ruas do município. “Um dos graves problemas de Sena Madureira é a questão da infraestrutura, por isso, essa área será tratada com prioridade. Estou bastante otimista e confiando em Deus de que dará tudo certo”.

[psm]