Senhoras e Senhores, a Caravana da Mudança (para pior) chegou!

Caravanaoposição

É com esta nomenclatura que os partidos da Oposição estão chamando suas andanças aos municípios do Estado em busca de apoio para a disputa eleitoral de outubro.

Nada original.

De perfil atrasado, a Caravana da Mudança (para pior) reúne antigos caciques da política acreana em busca do poder perdido.

Sem ideias claras e que empolgue o povo, essa plêiade  de não notáveis tenta suas últimas cartadas para retornar ao centro da política acreana.

Estão longe do poder, ou do centro de decisões –  já há algum tempo.

Quem decidiu isso?

A população.

Que os rejeita de quatro em quatro anos mesmo tendo algumas críticas (de rumo e condução) aos governos da Frente Popular.

O que se ouve sobre essa oposição e seus partidos.

-São desorganizados. Não têm propostas para o Acre e só aparecem em épocas de eleições.

Não só isso.

O Acre, como disse uma vez o senador Jorge Viana, ‘tem a pior oposição entre os estados’.

É uma oposição personalista e que não se renova.

Não apresenta um nome novo ou que expresse um viés mais avançado.

Ao contrário da Frente Popular, que nos últimos anos renovou no governo, com Binho, com Tião e agora renova a prefeitura da capital com Marcus Alexandre.

E a oposição?

Quem são os que se apresentam na Caravana da Mudança (para pior)?

MBittar, GladsonC, FlavianoF, ADias…

Precisa dizer mais alguma coisa?

Não, né.


Futebol e Manejo da inclusão

Arena do Juruá.

Era cena comum os jovens da região do Complexo Florestal do Gregório usarem seu tempo livre nos bares de suas comunidades.

É um tipo de imagem que ainda se vê em alguns rincões do Acre onde a  juventude não tem opções de lazer nos finais de semana.

No domingo, aconteceu no estádio Arena do Juruá, o encerramento do campeonato que reuniu 45 equipes.

Foram 114 rodadas e seis meses de batalha campal.

Tempo superior ao destinado ao Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A.

Tudo isso realizado em seis campos de futebol construído pelo Governo do Acre, via Sedens (secretaria responsável pelo projeto de manejo florestal) entre os rios Acurawa, Liberdade e Gregório).

É o futebol mudando a realidade.

O que antes era uma vida nos bares bebendo cachaça, hoje, em metade do ano, a juventude disputa um campeonato de futebol,  que mobiliza e entusiasma a todos do lugar.

Ontem  foi a final na Arena do Juruá.

Venceu a equipe do Tauari.

Por 4 a 3 o seu oponente Gregório.

De virada.

Virada que é também na vida dessas comunidades, que estão sendo contempladas com políticas de Estado e em breve terão quatros escolas de músicas e três pontos de oficinas de Teatro.

Tudo isso na região da floresta pública do Complexo do Gregório.

-Ainda este ano o nosso governo vai promover o 1º festival de Música no Complexo do Gregório. Com músicos locais, disputa e premiação dos melhores – informa o secretário Edvaldo Magalhães.

Na decisão entre o Tauari e o Gregório, na Arena do Juruá, que foi cedida para a final  pelo secretário de Educação, Daniel Zen, a emoção tomou conta da juventude.

Alguns deles nunca tinham entrado num estádio de futebol.

Nunca tinham tido a oportunidade de participar de eventos promovidos pelo governo.

E viram-se lágrimas.

Lágrimas de jovens emocionados pelo ineditismo das oportunidades oferecidas pelo Acre da atualidade.

Lágrimas de alegria e de inclusão.


Fiquem calmos!

Nesta segunda está chegando uma balsa da Petrobras, com mais 600 mil litros de combustíveis.

Sem agonia!

Falando em balsa…

Só em outubro!


Dividindo o pirão

O cartaz na gôndola do supermercado avisa que está limitado o número de itens que o consumidor pode comprar.

As madames já começaram a reclamar a falta de…

…Brócolis.

Vamos respeitar.

limite de compra


Assim não é legal não, deputado!

mbittar

Veja só.

O secretário da Câmara dos Deputados, MBittar, acaba de divulgar como sua a ideia do pedido de isenção do IOF (Impostos Sobre Operações Financeiras) para os estudantes brasileiros que estão no exterior.

A proposta foi feita há duas semanas pela deputada PERPÉTUA que, inclusive, protocolou o pedido à Fazenda Nacional, fez reuniões, encontros etc etc…

É o que se pode chamar de apropriação indébita, que é o  apoderamento de coisa alheia, sem o consentimento do proprietário, no caso aqui, passando por cima de uma iniciativa já tomada de sua colega de Parlamento.

Cortesia política?

Isso existe?


100 milhões voando?

Em Cruzeiro rola a conversa que o pré-candidato ao senado do Partido Progressista (?) tem essa bufunfa toda para torrar na campanha.

Não duvidem.

Bem, na TV o que vimos foi ele dizer que está ‘e-la-bo-ran-do um Mini Plano de Governo’ para apresentar aos eleitores em abril.

Será no dia 1º?

Mas, peraí:

GladsonC será candidato ao senado ou ao governo?

Gasta tempo não, doutor!

Pega aquele ‘plano’ do Boca, da eleição passada (de 04 páginas), que o problema tá resolvido.


Em Jaciparaná (RO)

O governo do Acre construiu em tempo recorde uma alternativa (um porto provisório) para não deixar o Estado desabastecido de gêneros de primeira necessidade e outros.

Enquanto isso, a Caravana da Mudança (para pior) faz campanha.


Primavera chegando

De Assis Brasil à Foz do Breu virou moda.

Todo mundo quer a usar a flor da Perpétua.


Frase

bodão ufc

Roubaram o Bodão…

Governador Tião Viana, reclamando no Twitter do resultado da luta do acreano no UFC, no final de semana.


Por hoje, FIM 24/03/14