Solidariedade (é a hora da contrapartida ao esforço do governo)

gov e prefeito

Contra a ameaça de desabastecimento, solidariedade.

Ninguém nega, muito menos o governo, que o Estado está passando por momentos de extrema dificuldade.

Extrema dificuldade!

E que o abastecimento com gêneros de primeira,  segunda ,  terceira necessidades – e até os supérfluos – está em vias de comprometimento.

Só a oposição, míope, é que ainda não enxergou que vivemos um momento delicado.

E tenta, sem nenhuma razão, explorar o sofrimento do povo com discursos (de campanha antecipada) que nada contribuem para a solução do problema.

Pelo contrário, a oposição joga na desinformação, na confusão para criar o caos e prejudicar não somente o governo, mas especialmente a população.

Todos são testemunhas do esforço diário e sem parar do Governo do Acre e dos empresários responsáveis para que a população não seja ainda mais penalizada.

Medidas austeras e pontuais de caráter preventivo estão sendo implementadas desde que a possibilidade do isolamento começou aparecer no radar governamental.

As mercadorias que hoje chegam aos mercados do Acre – com toda dificuldade de logística –  são fruto de esforço, organização e parceria do poder público estadual e os agentes econômicos locais ainda nos momentos iniciais da grande e histórica cheia do Rio Madeira.

Dias e horas cruciais.

Nas próximas horas começa o pagamento do Funcionalismo Estadual e municipal em todos os 22 municípios do Acre.

É tradição acreana as famílias irem à feira comprar o que vão consumir durante as próximas semanas com o dinheiro na mão.

Serenidade!

Não se pode pensar com egoísmo, nas necessidades prementes de cada um e abarrotar as despensas e armários.

Se não houver estoque de mercadorias nas residências os problemas serão menores.

Solidariedade e compreensão neste momento são fundamentais.

Deve-se evitar acumular comida, gás e combustível.

Não resolve nem os problemas individuais de cada um.

O que ajuda  – e ajuda muito – neste momento é a SOLIDARIEDADE

Comprar estritamente o que precisa e só!

Coisa que acreano sabe muito bem como fazer.

Esta é uma semana decisiva.

A população ajuda o Acre, o governo, e se ajuda, sendo solidária.

Todo mundo junto pra vencer!


Fique sabendo

30 dias. Esse é o tempo que a BR-364 de Porto Velho a Rio Branco foi interditada parcialmente.

605 caminhões já desafiaram a estrada no período.

3.708 toneladas de produtos já passaram pela BR-364.

60 voos da Força Aérea Brasileira amenizaram o sofrimento da população.

410 toneladas de alimentos já chegaram ao Acre de carro e avião.

12 voos fretados ajudaram no abastecimento trazendo 240 toneladas de alimentos.

1.720 toneladas de gás chegaram ao Estado trazidas de balsa de Manaus (AM).

600 mil litros de combustíveis chegaram somente ontem, através de balsa, em Porto

Acre.

100 mil litros de gasolina e diesel vindos de Cruzeiro do Sul, em caminhão, já chegaram
a Rio Branco.

600 mil litros de diesel chegam hoje pela manhã em Porto.

5 milhões de litros de combustível sendo transportados de Boca do Acre para Rio Branco (vídeo a seguir)


Inacreditável

Mas o provável candidato ao governo pelo PSDB, MBittar, em entrevista ontem apontou a saída espetacular para que os problemas da enchente não afetem mais o Acre e sua capital.

Qual é a proposta do tucano?

Aumentar a altura dos barrancos.

‘Um projeto de engenharia para evitar as enchentes e os alagados’

Minha Nossa Senhora!

É uma proposta típica de um político que não conhece nada de Amazônia, de rios e enchentes.

Que olha para o Acre e vê um grande Mato Grosso.

Que não entende a história de nossa formação nem como se deu o povoamento das nossas cidades no último século.

Que só entende o Acre como um grande descampado cheio de bois e uns poucos ganhando tudo.

Sinceramente, o PSDB não tem jeito mesmo.

Nem aqui no Acre nem no restante do Brasil.


5 milhões de litros de combustível a caminho

Ontem uma balsa começou a descarregar 600 mil litros de combustível em Rio Branco.

Outra, com carregamento de 5 milhões de litros, está a caminho da capital desde de Boca do Acre.

Mais uns dias e os problemas da pouca oferta de combustível estará resolvido.

Solidariedade é a ação do momento.

Assista vídeo (TV Aldeia) com o coordenador da Defesa Civil, Carlos Gundim, que confirma a informação.


Eles aceitam?

Com os problemas reais de pouca oferta de produtos no Acre, por conta da cheia do Rio Madeira e o consequente isolamento, eis que alguém poderia propor:

1 – Que o provável candidato tucano ao governo, MBittar, doe carne de sua fazenda para ajudar o Estado a enfrentar as agruras do momento.

2 – Que o doutor GladsonC empreste, sem custo para os cofres públicos, as suas balsas, da família Cameli, para transportar mercadorias de Rondônia e do Amazonas para o Acre.

Eles estão sem tempo para pensar nisso agora.

A preocupação é com a eleição, claro.


Reconhecimento

A coluna traz o print da postagem de uma das advogadas da Telexfree  sobre a deputada federal Perpétua que ontem tratamos aqui.

A verdade basta.

desculpas advogada t


Perguntar não ofende

Se o governo do Acre, que se desdobra para dar respostas ao problema do abastecimento no Estado, está sendo acusado de fazer campanha eleitoral antecipada,  o que dizer, então, da Oposição e sua Caravana da Mudança (para pior)?


Zé Augusto, Governador

Não foi ontem.

Deve ser nesta quarta-feira que o deputado Eduardo Farias (PCdoB) protocola Projeto de Lei que devolve o mandato, simbolicamente, do primeiro governador eleito do Acre.

José Augusto teve o mandato cassado pela Ditadura na década de 60 no Acre.

No Golpe que atingiu todo o Brasil e nos atrasou pelo menos uns 30 anos como nação sedenta por Democracia.

A proposta do deputado comunista faz um acerto – e justiça – com o Acre e repõe no livro da história essa página que estava solta e no esquecimento.

Exatamente no aniversário de 50 anos da Ditadura.


Frase

Nós somos Perpétua e não abrimos.

A frase é do deputado estadual Lira Morais (PEN), apoiada pelo colega Chico Viga (PTB), desmentindo boato de jornal que os dois estavam de conversa marcada com o candidato a senador da oposição, GladsonC.


Vitória parcial da Internet
foto marco civil internet

A Câmara dos Deputados aprovou ontem, terça, o marco civil da internet, que disciplina direitos e proibições no uso da internet, assim como define os casos em que a Justiça pode requisitar registros de acesso à rede e a comunicações de usuários. O texto seguirá ainda para o Senado.

Alguns pontos:

A neutralidade é o ponto mais defendido.

Esse princípio proíbe empresas de discriminar os dados dos usuários – tornando mais lento o acesso a alguns sites ou aplicativos ou vendendo o acesso por produtos (apenas e-mail, apenas redes sociais).

O marco civil garante que as informações da população que trafega nas redes sociais e outros aplicativos serão apagadas, o que hoje não existe.

Hoje não há regra sobre os dados que uma pessoa coloca numa conta de e-mail, numa rede social. As empresas podem guardar e usar como define o contrato.

Aos poucos vamos explicando aqui as vantagens do Marco Civil da Internet.

E pressionar o Senado a ratificar a decisão da Câmara.

Se possível com aperfeiçoamentos em defesa do cidadão usuário da rede.


Crédito especial
jorge viana e l coutinho bndes

O senador Jorge Viana se reuniu com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, e tratou com ele da reativação de uma linha de crédito especial para atender aos empresários e comerciantes do Acre, com juros e tempo de pagamento diferenciados.

-Nos moldes do que foi feito em 2011, quando tivemos uma situação grave com alagação do Rio Acre.

Necessidade.


92 anos do PCdoB

As mulheres e homens do Partido Comunista na Câmara dos Deputados.

pcdo na camara ato foto


Por hoje, FIM 26/03/14