Vivendo do seu talento (de baladeira à liga para prender capacete)

baladeira adeilson foto5


Seu nome:

Adeilson Lopes.

Profissão: empreendedor.

Ou melhor, criador do seu próprio meio de vida.

O que faz Adeilson?

Baladeiras (em outros estados chamam estilingue) e ligas para motoqueiros prender seus capacetes reservas.

Seus clientes favoritos para as ligas são as centenas de mototaxistas, que precisam andar com o capacete reserva preso à espera do próximo passageiro.

A liga faz esse serviço.

As baladeiras são um brinquedo antigo dos jovens da Amazônia.

Aqui no Acre também o artefato fez  – e faz – parte da vida de muitos meninos dos municípios e zona rural.

Quem nunca mirou de baladeira num anum, numa curica ou mesmo num calango que passeava pelo quintal?

O empreendedor Adeilson faz mais do que isso.

Ele faz do seu esforço o fruto de cada dia da sua família.

Aproveitando restos de câmara de ar que normalmente seriam jogados no lixo prejudicando o ambiente, Adeilson as transforma em dinheiro.

Em renda.

Suas baladeiras (estilingue) são comercializadas no comércio acreano e as ligas fixadora de capacete eu já disse aí em cima para que servem.

Quer saber onde vende?

Vou citar só um local.

Procurem lá no Bazar Chefe, o único do mundo que vende coisas que não se fabricam mais em canto nenhum desse planeta.

É sério.

Tem até um ditado no Acre: não encontrou no Bazar Chefe, desista.

Porque não tem mais.

Mas Baladeira e liga para los cascos, têm.

O criativo Adeilson não revela os números exatos porque não é besta, mas indica que consegue uma retirada mensal de mais de 6 mil.

Não é fácil ter um salário de 6 mil todo mês trabalhando por conta.

E numa empresa de fundo de quintal.

Adeilson vendendo badaleiras e liga (ele entrega por um preço acessível) consegue mostrar para si e para todos no Acre que aqui se produz, sim.

Às vezes falta um empurrão, um investimento aqui e outro ali, etc…

Adeilson enfrentou isso também.

Como muitos.

A partir de hoje Adeilson passará a ficar mais conhecido  também.

Porque tem uma meia-dúzia que vem aqui ler esta coluna todo dia.

E já, já a TV vai mostrá-lo e a vida vai seguir melhorando.

A secretaria de Indústria e Comércio já o descobriu.

Adeilson desmente os pessimistas, mais uma vez, que dizem que aqui nada se produz.

O jovem empreendedor produz inteligência.

O produto de maior valor agregado do mundo.

Em todos os tempos.


Hoje

Previsto para chegar a Porto Acre balsa com 3,4 milhões de litros de gasolina.

Informação confirmada pelo governador Tião Viana pelo seu TT.

Em tempo: Governador cumpre agenda hoje no principado de Sena (17h) e entrega Títulos Definitivos de Imóveis para 30 Igrejas Evangélicas e Católicas.

Local: auditório Escola Dom Julio Matioli


Três piadas

Primeira

Que a gasolina do Peru prejudica os motores de veículos do Acre.

Alguém precisa avisar aos incautos que aconteceu uma coisa no mundo chamada Globalização.

E já faz algum tempo.

Segunda

O virtual candidato ao governo do PSDB, MBittar, que em artigo publicado, fala em ‘Choque de Gestão.’

Frase de efeito.

MBittar é o rei das frases de efeito.

Tudo copiada de projetos falidos Brasil afora.

Vamos ter que aturar isso até o dia da eleição.

Terceira

A terceira broma foi dar ao deputado GladsonC o título de ‘O Mediador’, atribuindo a ele as negociações junto ao Ministério da Articulação para liberar 30 milhões e tirar o Acre dessa situação em que se encontra.

Mediador…

Pode esperar, Acre….

Sentado.


Terminal da Baixada
terminal integração baixada

Amanhã, sexta, será entregue pela prefeitura de Rio Branco à comunidade da Baixada.

Local de maior concentração de bairros e pessoas da capital.

Inauguração prevista para 9h da madrugada.

Melhorando a vida dos usuários do transporte coletivo.


Rádio Amador
travessia_de_carretas_pela_br_foto_luciano_pontes-1-580x386

Por ordem do Governo do Acre foram instalado três aparelhos de Rádios Amadores nos pontos da BR-364 que estão interditados pelas águas do Rio Madeira.

Ou seja:

Tudo, ou quase tudo, está sendo feito para que o Acre e sua população não sejam mais penalizados.

[foto: luciano pontes]


Em Brasília e no Acre

A presidente da Subcomissão Especial de Projetos Estratégicos da Defesa e Frente Parlamentar da Defesa, deputada Perpétua, participou ontem, quarta, de audiência na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara com o ministro da Defesa, Celso Amorim.

A deputada fez coro às palavras do Ministro Amorim destacando a atuação dos órgãos do Ministério da Defesa no apoio ao Acre e à Rondônia durante as enchentes e reclamou do corte de verbas para a Defesa.

-Contingenciamento para a Defesa é como um balde de água fria para nossos planos – disse.

Estudantes

Perpétua participou também de audiência com o secretário da Receita Federal, Carlos Barreto, no Ministério da Fazenda, para discutir o valor do IOF (Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros) cobrado nas operações internacionais, que passou de 0,38% para 6,38%, aos estudantes brasileiros que estudam no exterior.

A parlamentar vem lutando para garantir que os estudantes sejam isentos do aumento.

O que ficou acertado?

Que a Receita Federal vai pedir ao Banco Central levantamento de todos os brasileiros estudantes no exterior.

Com esses dados vão indicar ao Ministério da Fazenda uma proposta de percentual diferenciado.

Perpétua luta para diferenciar os gastos com Educação, dos demais gastos efetuados no exterior.

ENEM

Devido ao isolamento, o MEC nunca aplicou a prova do ENEM em Jordão, os estudantes tem que passar cerca de dois, três dias dentro de um barco, descer até Tarauacá para fazer o exame, e depois mais dois dias de volta pra casa.

O que esses estudantes querem é só o direito de fazer a prova mais perto de casa.

Luta já encampada pela deputada Perpétua, que vai ampliar o pedido para Marechal Taumaturgo e Santa Rosa.


Saiu no Acre24horas

O deputado Astério Moreira declarou:

(…’nunca um governo [Tião Viana] sofreu uma devassa tão grande quanto o nosso, mas nada ficou provado. Temos uma administração de mãos limpas ao contrário de governos da oposição. Se a oposição chegar ao poder, o Acre vai afundar de vez’…)

Como já afundou.


Caderno de armazém – atualizado

Quarta, 9/4
Passaram em direção ao Acre

34 caminhões para Rio Branco,  01 para Senador Guiomard,  01 para Sena Madureira,  01 para Vista Alegre, 01 para Abunã, 02 para Extrema.

Total de 40 caminhões.

RIO BRANCO:
– 01 carga de diversos tipos de leite (leite em pó,  leite em caixinha…), pesando 47 toneladas, para o Araújo.
– 01 carga de diversos  alimentos e diversos tipos de leite (leite em pó,  leite em caixa…), e farinha de trigo, pesando 40 toneladas, para o Araújo.
– 01 carga com diversos tipos de leite (leite em pó, leite em caixa…), e macarrão, pesando 46 toneladas, para Araújo.
– 01 carga de tijolo, pesando 22 toneladas,  para mirandex.
– 02 carga de óleo de soja, pesando 26 toneladas,  para atacadao.
– 02 carga de arroz, pesando 25 toneladas,  para atacadao.
– 02 carga de ferro, pesando 70 toneladas,  para Ferroacre.
– 01 carga de cimento,  pesando 31 toneladas,  para C silva alencar.
– 01 carga de móveis e eletroeletrônicos,  pesando 07 toneladas,  para Romera.
– 01 carga de alimentos e produtos diversos, pesando 32 toneladas,  para distribuidora Tempo real.
– 01 carga de mingal, pesando 12 toneladas,  para atacadao.
– 01 carga de material agrícola,  pesando 06 toneladas,  para roda viva.
– 01 carga de bolacha, pesando 13 toneladas, não soube informar.
– 01 carga de produtos diversos,  pesando 21 toneladas,  para Vou transportes.
– 01 carga de leite em caixa, pesando 14 toneladas,  para mercado ernadez.
– 01 carro de passeio.
– 02 carga de feijão,  pesando 30 toneladas,  para Bene do cavaco.
–  01 carga de panelas  pesando 02 toneladas,  para bazar chefe.
– 01 carga de produtos diversos,  pesando 29 toneladas,  para icovisa.
– 03 carros de passeio.
– 01 carga de frios em geral, pesando 27 toneladas, para Atacadao e Makro.
– 01 carga de alimentos divisos, pesando 14 toneladas,  para mercantil nova era.
– 01 carga de frango, pesando 24 toneladas,  para Atacadao.
– 01 carga de produtos diversos,  pesando 06 toneladas,  para Roda viva.
-01 carga de vidro, 08 toneladas,  para vidraçaria do norte.
– 01 carga de alimentos diversos,  pesando 31 toneladas,  para o Gonçalves.
– 01 carga de frios em geral, pesando 26 toneladas,  para A C D A exp. e imp.
– 01 carga de feijão,  pesando 28 toneladas,  para RB distribuidora.
SENA MADUREIRA:
– 01 carga de embalagens de papelão, 30 toneladas,  para Casa do seringueiro.
SENADOR GUIOMARD:
– 01 carga de tabaco, pesando 32 toneladas, para Ferlim indústria.
VISTA ALEGRE:
– 01 carga de água mineral e refrigerantes, pesando 15 toneladas, distribuidora Didyo.
EXTREMA:
– 01 carga de trigo,  pesando 05 toneladas,  para varias padarias.
– 01 caminhão vazio.
ABUNA:
– 01 carga de mercadorias diversas, 400kg, para comercial miniboque.
OBS: hoje passaram 41 caminhões sentido RBR/PVH.
Total de toneladas de alimentos e produtos que passaram para o Acre:
– óleo de soja foram 26 toneladas.
– arroz foram 25h toneladas.
– ferro foram 70 toneladas.
– cimento foram 31 toneladas.
– móveis e eletroeletrônicos foram 07 toneladas.
–  mingau foram 07 toneladas.
– material de agrícola foram 06 toneladas.
– bolacha foram 13 toneladas.
– produtos diversos foram 69 toneladas.
– leite em caixa foram 14 toneladas.
– diversos leites foram 47 toneladas.
– diversos leites e trigo foram  40 toneladas.
– diversos leite e macarrão foram 46 toneladas.
– 04 carros de passeio.
– feijão foram 58 toneladas.
– panelas foram 02 toneladas.
– embalagens de papelão foram 30 toneladas.
– frios em geral foram 53 toneladas.
– alimentos diversos foram 45 toneladas.
– frango foram 24 toneladas.
– vidro foram 08 toneladas.
– tabaco foram 32 toneladas.

fonte: equipe do Governo do Acre que está na BR-364, em RO.


Por hoje, FIM