Rede hoteleira da capital tem capacidade somente para 1520 pessoas, diz pesquisa

Segundo pesquisa realizada pelo Fecomércio/AC, através do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac) o fluxo de turistas no Acre permaneceu equilibrado no período da Copa do Mundo. Cerca de 26% dos empresários admitiram haver algum aumento no período, contra 58% que afirmam o movimento manter-se igual ao de meses anteriores.

A pesquisa realizada junto a 17 hotéis locais, conclui também que a capacidade atual de hospedagem do setor em Rio Branco é para 1.520 pessoas, em 851 apartamentos disponíveis. Os dados levantados demonstram que dos hotéis pesquisados, um tem menos de 20 apartamentos e apenas 02, mais de 100. Entretanto, 05 tem capacidade para hospedar num dado momento mais de 100 pessoas e apenas 01, demonstra capacidade de hospedar menos de 40 pessoas.

Dos empresários do setor de hotelaria local, 56% destacam que a vinda de pessoas de municípios do interior, de outros estados e países, para visitas à cidade de Rio Branco/AC tem como principal interesse os negócios com fins econômicos. Aqueles que vem do interior totalizam 39% nas hospedagens, 32% são oriundos de demais estados brasileiros e 29% de países estrangeiros, em maior número oriundos de países vizinhos como Peru e Bolívia.

Segundo a opinião dos proprietários, 79% dos hóspedes com registros de entradas nos hotéis locais permanecem em média até 05 dias consecutivos, aproveitando também os pontos turísticos da cidade. Na avaliação, 85% dos hóspedes ficam satisfeitos com a limpeza e a sinalização de trânsito na capital.

Os hotéis de Rio Branco/AC operam com uma taxa de ocupação média equivalente a 33,6%, destacando-se que 47,1% operam com ocupação abaixo da média. Desses, um hotel opera com uma taxa de ocupação média de 14%.

Para o cálculo da taxa de ocupação, foi excluída a ocupação frequente de 100% dos apartamentos que compõem a estrutura de um dos hotéis pesquisados.

[divulgação fecomércio]