Interoceânica: Ex-presidentes do Peru investigados sob suspeita de terem recebido propina (coima)

Coima.

É assim que se chama propina no país vizinho e dois ex-presidentes – Alejandro Toledo e Alan García (o FHC peruano, por ter feito um dos piores governos para os trabalhadores daquele país) – começaram a ser investigados pela Promotoria Contra Corrupção de Funcionários (Fiscalía contra Corrupción de Funcionarios).

Foi aberta uma investigação preliminar contra os dois ex-presidentes, segundo informa o sítio Convoca.pe, que revelou documentos brasileiros que sugerem o pagamento irregular da empresa brasileira Camargo Correia, umas das construtoras da rodovia do Pacífico.

Outras empresas brasileiras também são citadas na matéria, como a Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez e Odebrecht.

O sítio Convoca.pe cita documentos apreendidos pela polícia do Brasil, que apontam o pagamento de propina da aos dois ex-mandatários peruanos.

Fotos: USI e Agência Andina

interoceanica_2
Trecho da Interoceânica (em território peruano)

 

 

alejandro_toledo_oficial
2011 – Ex-presidente Alejandro Toledo, no dia da inauguração, sobre a ponte que liga o Acre a Iñapari

 

alan_cornejo
Ex-presidente Alan Garcia (o FHC do Peru) corta faixa em solenidade de entrega de uma ponte da Interoceânica

Editoria de oestadoacre.com
Email: oestadoacre@gmail.com