Jorge Viana desenha cenário político na capital e alguns ficam surpresos

 

J R Braña B.

 

A declaração do senador Jorge Viana de que o PT não terá uma chapa só de petistas na disputa para a prefeitura de Rio Branco é a coisa mais óbvia – e mais correta –  já dita por ele sobre as eleições na capital.

Jorge e todo o mundo florestal sabem que com o clima de conflagração no país no auge, o PT não tem condições políticas de postular candidatura majoritária sem dividir a chapa com os aliados.

E não é só em Rio Branco e no Acre, mas em todo o país o PT terá que fazer alianças.

O partido tem sido bombardeado 24 horas por dia há pelo menos uns três anos pela mídia e pelos adversários golpistas.

Um massacre nunca visto contra um partido que ajudou a mudar o Brasil…quem aguenta isso sem perdas?

Rio Branco, com Marcus Alexandre de candidato, talvez seja a única capital que o Partido dos Trabalhadores tem chance reais de vencer.

Porém, com aliança, dividindo a chapa.

E escolhendo bem o vice…

Nas outras capitais e cidades importantes ninguém sabe…é tudo uma incógnita.

Portanto essa surpresa, espanto – inclusive com manchete – com a declaração do senador JV faz lembrar do compositor Zé Geraldo: ‘isso tudo acontecendo e eu aqui na praça dando milho aos pombos…’

JV desenhou…, né?

jv declaração