Governo ilegítimo começa a liquidação do Brasil (tudo a 1,99)

 

J R Braña B.

Henrique Meireles foi o porta-voz (e agente também) do começo do desmonte do estado brasileiro e, claro, da indústria nacional.

Tchau, Banco do Brasil!

Tchau, Petrobras (a Chevron agradece ao Serra)

Tchau, BNDES!

Isso tudo num governo provisório – e ilegítimo!

Clique na imagem abaixo para saber sobre as medidas


nbr