Nas ladeiras de Olinda Alceu Valença pergunta pelo Acre e se inspira para filme

Foi tudo nesta manhã de terça-feira em uma das famosas ladeiras de Olinda (PE), que este blogueiro ainda não conhece.

Um menino de 25 anos, que amo muito, caminhava por uma dessas ruas e encontra com Alceu Valença…sim, o Alceu que todo o Brasil canta as suas músicas.

De repente…:

-Me aproximei dele e perguntei se ele conhecia o Acre…ele disse que sim e perguntou como vai o Acre…a conversa foi bem tranquila. Ele é meu vizinho em Olinda e tem uma loja por aqui…mas viaja muito por conta de sua atividade.

Alceu tem fama de não ser muito simpático…resposta do menino que amo muito:

-Eu penso que o fato das pessoas acharem ele antipático depende do fato de como nos portamos…muitas vezes nos aproximamos de artistas para sugar ou tietar… e essas pessoas, assim como qualquer pessoa, não tem que estar sempre de bom humor.

-Ele perguntou o que fazia em Olinda e respondi que ‘nada’…estudava geografia. Disse ao Alceu estar apaixonado por uma pernambucana e também por isso ter vindo pra Olina…daí Alceu me disse ‘que parecia um filme’ e que isso teria inspirado ele a fazer um filme…não entendi muito bem…

-Por fim, nos apertamos as mãos e ele me desejou boa sorte e eu também.

Esse menino de 25 anos que amo não tirou foto com Alceu…estava sem o celular…só quando chegou em casa me contou o ocorrido.

Respondi: fantástico!

E resolvi contar aqui….e sem pôr o nome dele (não gosta de divulgação), pois esse menino que amo muito é meu filho…e, sem falsa modéstia, é uma figura humana das mais nobres que já conheci na vida.

Papai de te ama muito!

J R Braña B.