Os subprefeitos do principado de Sena Madureira estão com a bola toda

Sobre a charge do artista Duke

O novo prefeito de Sena Madureira pode estar cometendo um grande e irreparável erro político e administrativo.

Mais político que administrativo.

Por quê?

Porque, segundo consta, está deixando que aliados seus de campanha comandem secretarias importantes indicando, nomeando, batizando, confessando e casando.

Isso não se sustenta por muito tempo.

Se der certo é mérito do dono da secretaria.

Se der errado, cai no colo do prefeito.

Que é o responsável por tudo, as coisas boas e especialmente as coisas ruins.

Em Sena já dizem que existem pelo menos dois subprefeitos.

Com autonomia plena nas secretarias (essa autonomia era o sonho do secretário Tião Lucena)

Num município pequeno e sem recursos como o principado de Sena abrir mão de governar os ‘pequenos detalhes’ é um tiro no pé…do prefeito.

Bom, são nos pequenos detalhes que o diabo se esconde, dizem.

O primeiro susto do novo prefeito será com a folha dos provisórios, contaram hoje a esse blogueiro.

Provisórios que os subprefeitos estão indicando a torto e a direito.

No meio da semana a prefeitura enviou à câmara de vereadores um projeto para economizar recursos com o pagamento de servidores que não estão trabalhando nem morando em Sena.

O que é uma boa medida.

Tudo ao contrário do que os subprefeitos estão fazendo desde o dia 2.

O novo prefeito de Sena é um sujeito arrojado, todos sabem.

Tem suas birutices, como todos, porém tem iniciativa e pensa grande.

O que é bom pensar grande…com os pés no chão, claro.

Por isso mesmo não pode abdicar do controle da máquina.

Prefeito que não tem controle da máquina do seu município tem sérios problemas.

E Mazinho só está a uma semana que tomou posse.

Ainda pode zerar tudo, chamar os subprefeitos e dizer:

-Olha, quero vocês ajudando, mas quem decide quem entra e quem sai é o prefeito e o prefeito sou eu.

Se forem aliados de verdade vão entender…

Se não forem…vão pegar a viola e cantar noutra freguesia.


J R Braña B.

PS: Nas próximas horas começo aproveitar os últimos resquícios da Era Vargas…antes que o golpista resolva acabar. Maria Lúcia vai ocupar o posto aqui.