Justiça inocenta professora Clícia Pantoja, de Sena Madureira

O blog recebe a seguinte informação do excelente e atuante advogado Thalles Vinícius, que os melhores leitores o conhecem muito bem de outras batalhas vencidas aqui mesmo contra os que querem nos calar.

Do advogado Thalles ao blog:

‘Ontem saiu a sentença em um processo penal da professora Clícia Pantoja, na qual a Juíza extinguiu a ação penal, por ausência de justa causa! É que o Ministério Público alegou que a professora Clícia foi funcionária fantasma e se apropriou de recursos públicos. O curioso é que esses foram os mesmos fatos que a professora foi absolvida na ação civil pública nº 0700196-72.2012.8.01.0011, em que eu também atuei como advogado. Mas mesmo sabendo disso, o Ministério Público ingressou com a ação penal, não entendo a razão…

E por isso, a juíza entendeu que não havia justa causa para o prosseguimento da ação, porque a professora já havia sido absolvida pelos mesmos fatos na esfera cível.’

Leia a sentença:

Governador Tião Viana e o deputado federal Leo comemoram inocência da professora Clícia retwitando blogpost deste blog no twitter: