Quem comemora gol com a mão não pode criticar corrupção de políticos (v)

O gol do atleta Jô, do Corinthians, contra o Vasco neste domingo – é um exemplo de corrupção no esporte que não pode prosperar.

Mas que sempre prosperou…

O gol foi irregular…com a mão.

O próprio atleta sai comemorando a sua trapaça.

E muitos aplaudem.

Esses não têm moral para criticar os políticos e suas malas de dinheiro roubadas do povo.

J R Braña B.

Clique na imagem abaixo e assista o gol irregular, que foi validado.