Prefeito de Manoel Urbano quer receber 13º Salário e Férias

José Altanízio Taumaturgo Sá, o Tanízio, prefeito do município de Manoel Urbano pelo PMDB enviou pedido à câmara de vereadores solicitando aprovação de projeto que garanta a ele e ao vice o direito de receber o 13º Salário e Férias.

Prefeito Tanízio, de Manoel Urbano, quer receber 13º e Férias

O prefeito solicita tramitação ‘extraordinária’ na casa legislativa.

A justificativa de Tanízio, segundo o prefeito, está ancorada no Supremo Tribunal Federal e ele a sublinhou no documento remetido aos vereadores:

‘Considerando a decisão do STF – pelo qual houve mudança de entendimento no sentido de que o pagamento do 13º e Férias aos agentes políticos não constituem ilegalidade desde que haja Lei regulamentando a matéria’

Tanízio encerra o ano dando aos adversários (e a população) um bom motivo para questioná-lo, haja vista que a cidade que administra enfrenta problemas de toda ordem.

No começo da gestão, segundo Tanízio à época informou – ele e o primeiro escalão inteiro – ficaram um tempo sem receber os salários, numa atitude mais de proselitismo para a distinta plateia do que solucionadora de problemas do sofrido município.

Manoel Urbano, como se vê, continuará com seus problemas diversos (econômico, social e de falta de investimentos), mas o prefeito já garantiu (está garantindo), com uma canetada só (e com o possível apoio dos vereadores) o peru de Natal na mesa.

O PMDB de Temer ferra os trabalhadores com a Reforma Trabalhista, que mutila a CLT retirando direitos, porém o prefeito do PMDB de Manoel Urbano não abre mão de uma conquista do governo democrático Jango (também derrubado por um golpe em 64) que instituiu em julho de 1962 o pagamento do 13º para todos os trabalhadores do Brasil.

Viva!

(documentos recebidos pelo blog)

J R Braña B.

—————

Antes publicamos…: