Esse ‘pode cobrar’ é filme antigo e não deu certo no Acre