Delfim Neto foi o poderoso ministro da economia da Ditadura, lembram?

E ainda há os que dizem que na Ditadura, na época dos milicos no poder, não havia corrupção…como um ministro, servidor público, tem mais de 4 milhões (1 milhão de Euros) para pagar assim, de repente, uma quantia dessas? – J R Braña B.

 

Antes publicamos…: