SPC Brasil: tristeza e vergonha atingem 56% dos desempregados no país

‘E sem o seu trabalho o homem/mulher não tem honra…se morre e se mata’ – Gonzaguinha

SPC/Brasil e CNDL:

54% dos desempregados passaram a apresentar alteração no sono, 47% mudanças no apetite e 57% sentem menos vontade de sair de casa 

Um levantamento realizado em todas as capitais pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que além de trazer complicações à vida financeira, o desemprego afeta também o estado físico e emocional das pessoas. De acordo com o estudo, 56% dos brasileiros desempregados desenvolveram o sentimento de baixa autoestima após perderem o emprego e 45% passaram a sentir-se envergonhados perante a família ou amigos próximos.

De modo geral, o estudo descobriu que a perda do emprego desencadeou uma série de sentimentos negativos nos entrevistados, como ansiedade (70%), insegurança em não conseguir um emprego (67%), estresse (64%), sensação de angustia (63%), desânimo (60%) e medo (59%).

(…)

Retirar direitos, entregar riquezas do Brasil, prender Lula (para não ser candidato) e acabar com o PT sempre foram as metas principais do golpe…Taí o resultado – J R Braña B.