Arquivos mensais: abril 2014

Como pode um governador de São Paulo ser tão desinformado?

 

geraldo-alckmin
[foto:marcos de paula/AE]
Geraldo Alckmin demorou em falar sobre os haitianos, os imigrantes.

Demorou tanto… para falar  bobagens.

E mostrou que estava endossando mesmo as críticas descabidas e desrespeitosas de sua secretária de justiça ao governo do Acre.

Como o governador Tião Viana  desconfiava.

Alckmin é um governador conservador.

E insensível.

Mais que isso.

Não vê a diferença entre o seu Estado de São Paulo e o Estado do Acre.

Só um mesmo um político com pouco discernimento das coisas –  e na condição de governador do maior Estado do país – trocaria arengas com o governo de um Estado modesto como o Acre.

Pois Alckmin não deixou por menos.

Repetiu a expressão ‘despejar’.

-São Paulo é terra cosmopolita que recebe a todos e tem imigrantes do mundo inteiro, mas precisa ter planejamento. Não pode é despejar pessoas de forma desumana,..]

Se é assim, e o ‘despejo’ no Acre durante anos?

Não conta?

No Acre pode?

Sabemos que cansa reafirmar isso todos os dias, mas há quase quatro anos os imigrantes haitianos passam pelo Acre.

E vão continuar.

Mas, pasmem, o governador de São Paulo, um dos homens que se supõe mais informados do Brasil, nunca tinha ouvido falar na diáspora haitiana em direção ao Brasil, via Acre.

Desde 2010 sendo o Acre o maior campo de refugiados do Brasil (em Brasileia).

Inacreditável como um dos homens mais poderosos do Brasil não sabia, nem desconfiava que imigrantes haitianos estavam se dirigindo para o seu Estado.

É inacreditável, repito.

O governador Tião Viana reagiu pela rede social, o seu twitter.

Alckmin, uma melancólica expressão de mediocridade e incompetência. Não sabe ser solidário e cumprir suas obrigações de chefe de governo.

Desde o começo, o governador Tião Viana procurou não envolver o governador de São Paulo esperando que ele interviesse com uma atitude de um governante do Estado mais importante do Brasil.

Passaram-se vários dias e quando Geraldo Alckmin abre a boca….’Despejo de haitianos..’

É lamentável, mas o governador tucano perdeu uma grande oportunidade de fazer a diferença.

De mostrar ao Brasil e ao mundo que São Paulo é, como gosta de afirmar, um Estado cosmopolita e que acolhe gente do planeta todo.

Não no governo do PSDB.

Que não gosta de acolher negros haitianos.

Geraldo Alckmin, o governador, foi obtuso e nada solidário/cortês com o pequeno Estado do Acre (muito menos com os haitianos).

Pequeno, mas bravo Estado do Acre.



O Peru está nos descobrindo
consul peruano

[foto;gleilsonmiranda]

A apresentação do novo cônsul peruano ao governador Tião Viana é um divisor de águas na relação entre o Acre e o vizinho país.

Félix Basquez  foi mais que protocolar no encontro que manteve com o chefe de estado acreano.

A autoridade peruana, que morou na Alemanha, quando trabalhou na embaixada do seu país, lembrou que na agonia do isolamento (devido à cheia do Madeira) o Acre se socorreu no Peru.

Isso mesmo!

Acre e Peru estiveram 100 anos olhando em direção oposta.

Não se olhavam nem se percebiam.

Neste século XXI isso não pode mais se repetir.

Acre e Peru não podem mais se distanciar um do outro.

Nunca fez bem para os dois povos.

Como disse o governador Tião Viana, o Peru está ‘na rota’ do desenvolvimento do Acre.

E vice-versa.

[Leia abaixo Carta do Cônsul do Peru]



Carta do cônsul peruano ao governador

Senhor governador, tenho o prazer de apresentar-me como novo Cônsul Geral do Peru em Rio

Branco, Ministro Conselheiro de Carreira do Serviço Diplomático do Peru, Feliz Germám

Vasquez Solis, venho a Rio depois de ser Diretor Regional do ministério de Relações Exteriores

em Puno, e antes como funcionário da embaixada da Alemanha.

A estrada do pacífico é muito importante para a integração física entre o Peru e o Brasil. Sua

importância acabou de ser demonstrada com a utilização do mesmo, para evitar o

desabastecimento pela ocorrência da cheia do Rio Madeira.

Meu ponto de vista é que a flexibilidade demonstrada pelo Governo do Estado do Acre para o

ingresso do combustível e alimentos básicos vindos do Peru deveria continuar antecipando o

futuro perigo de abastecimento com ocorrências desse tipo.

As palavras ou pontos importantes sem nosso relacionamento é a integração e a parceria

entre o Peru e o Brasil.

Gostaria de contar com sua presença na comemoração do aniversário do Peru, em 28 de julho

próximo. Para que assim seja exitosa a reflita o excelente estado de relação de integração

tanto política, econômica, comercial e cultural entre nossos países. E também solicitar sua

ajuda dando as facilidades para a realização do evento pátrio.

Solicitamos expressar a satisfação do Peru pelo notável incremento de visitantes turistas

brasileiros nas cidades de Machu-Pichu em Cusco e Lima.

Trabalharemos para promover os destinos turísticos do Lago Titicaca em Puno e o Cañon de

Colca e Arequipa, assim com as linhas de Nasca.

Conjuntamente com estes esforços apoiaremos com a participação de torcedores peruanos

que desejem assistir ao mundial nos Estados de Manaus, Mato Grosso, Cuiabá.

Félix Basquez

Cônsul do Peru no Acre



TSE chama a Flor…

tse foto perpetua

Perpétua participa da campanha do TSE, que incentiva a participação das mulheres na política.

Nas imagens abaixo, visita ao mercado mais acreano do Acre, o de Cruzeiro do Sul.



25 milhões

Esse deve ser o montante da dívida do município de Sena Madureira com a Receita, INSS e FGTS.

Os números foram levantados e serão entregue ao prefeito Mano Rufino.

Os salários dos contratos provisórios estão atrasados dois meses.

E não se tem garantia que o salário do mês de abril dos servidores municipais será pago hoje, dia 30.

Dia em que cai mais uma parcela do FPM.

E dia também que a Receita bloqueia e sequestra o que o município está devendo.

São dívidas de muito tempo.

Luz no fim do túnel?



Complexo do Peixe

Até os que criticavam o investimento estão se dando conta do acerto do governo Tião Viana.

É verdade.

E não há como não reconhecer os méritos do secretário Edvaldo Magalhães.

Em julho a admiração será maior ainda.

complexo do peixe


Por hoje, FIM