Caixa Econômica assina em Sena primeiro contrato de imóvel rural

Caixa Econômica assina em Sena primeiro contrato de imóvel rural

Na manhã desta sexta-feira (28) a caixa econômica federal, por meio de seus representantes assinou o termo de cooperação e parceria para a construção de unidades habitacionais do referido programa. A cerimônia contou com a presença do prefeito eleito Mano Rufino, superintendente regional da caixa, Anacleto Grosbeli, gerente da agência da caixa em Sena, Gregório Marino, presidente da associação Lua Nova, Aldicélia Magalhães dos reis, entre outras autoridades.


caixahabO prefeito eleito Mano Rufino considerou importante essa iniciativa do governo federal e disse que a partir de 2013 estará buscando parcerias com a caixa econômica para que esse tipo de benefício possa se estender a outros moradores.

-Sem dúvida é uma iniciativa louvável do governo federal. A partir de 2013 a prefeitura terá uma equipe exclusiva para buscar informações sobre os créditos e financiamentos da caixa. Se há recursos disponíveis e é possível para o servidor não podemos desperdiçar a oportunidade – mencionou.

Já o gerente da caixa econômica em Sena Madureira, Gregório Marino disse que a intenção é chegar ao número de 200 famílias beneficiadas nos próximos anos. “Sena Madureira está de parabéns por ser o primeiro município do Acre a ser contemplado com esse programa. No começo, 20 famílias terão recursos para construir suas casas, mas a meta é ampliar esse número futuramente”, destacou.

 “Muita gente não acreditava nesse projeto”, diz presidente de associação

A presidente da associação Lua Nova, Aldicélia Magalhães demonstrou bastante satisfação com a aprovação e posterior execução do projeto em Sena Madureira.

-Quando ouvimos falar nesse projeto muita gente não acreditou dada a facilidade, mas agora estamos vendo que é real. A partir de janeiro iremos iniciar as construções – enfatizou.

Medição

-A medição será feita por técnicos da caixa e o restante da liberação vai obedecer a essas medições nas obras. Cada produtor terá que devolver à Caixa somente 1% do valor financiado, em três parcelas, e com carência de 12 meses – explicou Gregório.

O programa de Habitação Rural faz parte do programa nacional do governo federal Minha Casa, Minha Vida, que subsidia a construção de moradia para a população brasileira. Em 2012 o Minha Casa, Minha Vida já financiou mais de um milhão de unidades em todo o Brasil.


Join the Conversation