Governo muda regra e Sena poderá ter acesso ao Minha Casa, Minha Vida

Municípios com menos de 50 mil habitantes já  podem acessar os recursos destinados ao Programa Minhas Casa, Minha Vida. É o caso de Sena Madureira, com 40 mil habitantes que, pela regra anterior, estava fora e sua população tinha acesso ao programa do governo federal. A boa notícia chegou por meio da portaria n° 56, de 1°  de fevereiro, do Ministério das Cidades, e contempla boa parte das cidades brasileiras, incluindo quase todos os municípios acreanos, com exceção de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

minha_casa_minha_vidaA Caixa Econômica Federal anunciou a novidade ao governador Tião Viana e se colocou à disposição do governo para empreender novos desafios, levando o programa de habitação para as cidades acreanas e beneficiando a população dos municípios com subsídios ou mesmo com a doação de casas.

A outra boa notícia é que o Ministério das Cidades já alterou a autorização para a construção de casas no projeto Cidade do Povo. Segundo o gerente regional da Caixa no Acre, Fábio Constantino, antes estava autorizada a construção de 3.348 unidades, e agora o número é 7.250. A previsão é de que sejam construídas 10,5 mil casas.

Sonho – O Programa Minha Casa, Minha Vida tem transformado um dos maiores sonhos do brasileiro em realidade: a casa própria. No Acre, ele é executado numa parceria entre o governo federal, o governo do Estado, a Caixa Econômica Federal e empresas da construção civil.