Senac amplia número de turmas do Programa de Aprendizagem

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/AC) ampliou o número de turmas do Programa de Aprendizagem para 2013. De 12 passou para 14 turmas, saindo de 280 vagas ofertadas em 2012 e passando para 560 vagas, que serão disponibilizadas já no início do mês de abril de 2013. O objetivo é expandir o atendimento do programa e chegar a uma oferta de mil vagas no prazo máximo de dois anos.

Aprendizes_senac_2Das 14 turmas oferecidas pelo Senac/AC, 12 delas atenderão os aprendizes de Rio Branco e as outras duas, os alunos de Cruzeiro do Sul, nos cursos de: aprendizagem em serviços administrativos, aprendizagem em serviços do comércio, aprendizagem em serviços de supermercados, com carga horária de mil horas cada um, tendo início já em abril de 2013 e encerrando-se em abril de 2014.

Com a missão de educar para o trabalho em atividades do comércio de bens, serviços e turismo, o Senac/AC atende, por meio do Programa de Aprendizagem, às necessidades de profissionalização dos jovens. Para isso, a instituição estabelece parcerias com empresas e os jovens atendidos pelo programa podem trabalhar como aprendizes.

Programa

O Programa de Aprendizagem do Senac/AC cumpre o disposto na Lei 10.097 de 19 de dezembro de 2000, juntamente com o Decreto nº 5.598 de dezembro de 2005, que altera os dispositivos da CLT referentes à formação profissional e ao trabalho do menor de acordo com a Emenda Constitucional nº 20 de 15/12/1998. A lei introduz modificações que buscam fomentar essa ação em todo o país, seja pelo lado do empregador ou das instituições responsáveis pela formação do aprendiz.

De acordo com a supervisora de aprendizagem do Senac/AC, Marilene Oliveira, os jovens interessados em ingressar no programa devem procurar as empresas locais do comércio. “A própria empresa fará a seleção, gerando um contrato de um ano. O empregador assinará a carteira de trabalho assegurando os direitos do trabalhador. Estes alunos serão encaminhados a nossa instituição, com toda a documentação exigida pela empresa, e depois serão devidamente matriculados em cursos oferecidos pelo Senac/AC”, explica a supervisora.

Exigências básicas para ingresso na aprendizagem:

– O aprendiz deverá ser maior de quatorze anos e menor de vinte e quatro anos;

– Ter concluído o ensino fundamental (a partir da 8ª série);

– Ser devidamente selecionado por uma empresa local do setor do comércio.