Morre ex-governador Orleir; governador Tião Viana decreta luto

+ 1949 – 2013 – O empresário e ex-governador do Acre, Orleir Messias Cameli, morreu nesta quarta-feira, 8, em Manaus (AM), vítima de câncer. A notícia foi confirmada por familiares por volta das 11h. Cameli foi governador do Estado entre 1995 e 1998. Orleir nasceu em 16 de março de 1949, no seringal Belo Horizonte, região do Vale do Juruá. Ainda jovem mudou-se para Cruzeiro do Sul onde estudou, se estabeleceu para viver e constituir família. Tornou-se empresário com empreendimentos no Acre, Amazonas e Rondônia.

orleirFoi prefeito de Cruzeiro do Sul por um período de 15 meses, no ano de 1994 deixou o cargo para concorrer às eleições para o governo. Em 1995, foi empossado governador do Estado do Acre.

[foto: divulgada pelo dep federal Gladson quando retornava de SP com o seu tio Orleir Cameli no avião particular da família]

Em 2012 o ex-governador recebeu da Câmara Municipal de Rio Branco o título de cidadão rio-branquense pelos serviços prestados a capital em sua gestão. Mas, sua paixão pública era pelo Juruá. Região que sonhava integrar via BR-364 com a capital acreana.

Durante sua gestão Orleir Cameli foi responsável pela construção e reforma de equipamentos públicos importantes para o Acre. Entre eles, a construção da primeira Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), hoje Hospital das Clínicas; a construção da Delegacia Especializada da Mulher; foi responsável pela aquisição da Balsa Hospital Dr. Manoel Braga Montenegro e por levar serviço de saúde às famílias ribeirinhas da região do Vale do Juruá.

Governo do Acre lamenta falecimento

O governador Tião Viana lamentou a morte do ex-governador Orleir Cameli. Por meio de uma nota oficial de pesar declarou que “a trajetória de Orleir Cameli merece respeito e reconhecimento, representando muito dos sonhos e da luta das famílias acreanas”.

Tião Viana também lembrou, em nota oficial, que o ex-governador foi responsável pela “integração e o desenvolvimento do Estado – notadamente o asfaltamento da BR-317 de Senador Guiomard a Basileia, o asfaltamento da BR-364 no trecho de Rio Branco a Sena Madureira, além da reabertura da estrada de Sena Madureira a Cruzeiro do Sul no verão de 1998, depois de nove anos totalmente fechada”.

Governo decreta luto de três dias

Leia o decreto
assinado pelo governador Tião Viana