Em Sena [em 2014] já foram registrados 18 casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes

A Prefeitura de Sena, através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) começou a executar nesta semana uma programação alusiva ao dia 18 de maio, celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Estão sendo realizadas nas escolas das redes municipal e estadual de ensino uma série de palestras alertando para o problema. Nesta sexta-feira será promovida uma blitz, a partir das 15 horas, na Avenida Avelino Chaves, em frente à Prefeitura de Sena. A equipe do Creas distribuirá material informativo e ao mesmo tempo convocará a sociedade para continuar ajudando no combate a esse tipo de crime.

De acordo com a coordenadora do Creas em Sena Madureira, Eveline Alencar, em 2013 foram registrados oficialmente 18 casos no município e neste já foram contabilizados até o mês de março, 4 casos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes.

Esse número pode ser maior, só que muitas as pessoas não denunciam. A população não pode se calar. Temos o disk 100 e também o telefone do conselho tutelar (3612-2500). Quem denuncia jamais terá o seu nome divulgado. O importante é combatermos diariamente essa prática.

Eveline adiantou que na maioria das vezes, os praticantes desse tipo de crime são membros da própria família ou pessoas próximas (Padrasto, tio, primo).

Muitas vezes as pessoas imaginam que não tem punição, mas tem punição, sim. A pena varia de 6 a 12 anos de prisão.

Geralmente as crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual mudam de comportamento, chegando a ter, inclusive, problema de saúde.

Qualquer atitude diferente da criança, a família pode está procurando Conselho Tutelar, o Creas para solicitar ajuda. Estamos prontos para atender e buscar resolução para os casos.