Cidade do Povo… Cidade da nova vida de 400 famílias (Oposição baba colérica…)

cidade do povo familia
Todas as fotos: SérgioVale e secomgovAc

A imagem dessa família dentro da sua casa é muito forte.

Pois é:

E olha que o projeto Cidade do Povo ainda está só no começo.

Foram entregue ontem, quinta, 392 casas novinhas, em alvenaria, para 392 famílias que antes viviam sabe Deus onde.

Moravam, é claro, em lugares alagadiços, pantanosos e que todo ano, todo começo de ano, no período de intensas chuvas, viviam na apreensão.

Essas casas são do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo do PT.

Do governo Dilma.

Do governo Tião Viana.

Que aqui no Acre o governo da Frente Popular fez do limão uma limonada.

Ampliando uma ação do Governo Federal simplesmente no maior programa de habitação da história do Acre em todos os tempos.

E, repito, só está começando.

E começando com quase 400 casas.

Serão 6 mil.

10 mil no final.

Mais de 1 Bi terá sido investido no final da Cidade do Povo (confira os benefícios do investimento aqui)

Quando tudo tiver pronto será a terceira cidade do Acre (acorda, Sena Madureira!)

Dois colchetes vão abrir e fechar:

[Lembrem-se que o Estado do Acre, neste ano, viveu o mais terrível  momento de sua história dos últimos 100 anos. A cheia do Madeira e o isolamento ainda deixam suas pegadas]

Pois bem:

A Cidade do Povo é uma conquista do povo do Acre!

Que sempre pediu que o Estado interviesse e fosse arrojado na construção de casas para a população.

O Governador Tião Viana foi atrás do pleito e pegou o Minha Casa Minha Vida e ampliou para Minha Cidade Minha Vida.

Quem imaginaria que surgisse assim de repente uma nova cidade nos arredores da capital?

Ninguém.

A Cidade do Povo passou um bom tempo sendo apenas a imagem de uma maquete na cabeça do governo e das pessoas.

Ontem a Cidade do Povo deixou de ser maquete.

É realidade.

É sonho concretizado para 392 famílias.

E mais outras centenas virão em breve.

A quinta foi de alegria.

De certeza.

De lágrimas nos olhos.

De agradecimento.

E de crença de que o Acre mudou e continuará mudando.

Para melhor.

Porque ninguém quer voltar ao passado e encontrar de volta os fantasmas que um dia o Acre abrigou nos círculos do poder.

cidade do povo2

 

cidade do povo3
Governador entrega chave a beneficiária do Cidade do Povo
cidade do povo2 aniversario
E o primeiro aniversário é comemorado numa casa da Cidade do Povo..com direito a bolo


Vídeo – Quem vai ter direito às casas da Cidade do Povo?

Neste primeiro momento famílias que vivem em áreas de risco da capital.



Pesquisa IBOPE – Dilma 40% – Seria eleita no 1º Turno
dilmamatematica

Dilma  sobe a 40% e venceria no Primeiro Turno

Como todo viu, o ‘Jornal Nacional’ fez de tudo para confundir a cabeça dos telespectadores com gráficos mil.

Tudo para não dizer que Dilma disparou na preferência popular.

Dilma – 40%

Aécio – 20%

Eduardo – 11%

ibope

Traduzindo: Balsa em outubro de novo.



Constrangimento federal (GladsonC leva carão)

Acuado pelas últimas, o deputado GladsonC não teve coragem de acompanhar o ministro das Cidades, do partido dele, no evento da Cidade do Povo.

Muito bem.

Quando o ministro Gilberto Magalhães Occhi  foi tomar o avião de volta a Brasília, lá aparece GladsonC  para tirar uma foto (depois conto a intenção da foto).

Mas tomou um susto ao ver que o governador acompanhava o ministro.

Aí veio a cena hilária, sucupirana do dia.

A melhor da quinta-feira e que vai para os anais.

Gladson correu para se desculpar com Tião Viana.

-Governador, eu sou a favor da Cidade do Povo, acredite… Blá Blá Blá…

-É? E por que o seu chefe de gabinete estava com um deputado aqui do Acre no ministério em Brasília pedindo para desligar a energia nas casas da Cidade do Povo?

GladsonC  ficou amarelo, verde, voltou para o amarelo, azul.. voltou para o amarelo de novo…e acabou gago.

-Gov, Go, govern….eu?

Quá Quá Quá!!

Como é que pode?!

Um deputado federal levando carão no meio de todo mundo.

O ministro das Cidades não sabia onde por  a cara de vergonha depois dessa do deputado do seu partido.

Foi um constrangimento geral no aeroporto.

Só pode ser castigo…

Só pode.



A foto depois do carão

gladsonccarao
Recuperado do carão, GladsonC conseguiu convencer o ministro a tirar esta foto com ele e, pasmem! – enviou para os sites com a seguinte manchete:

[Após entregar casas da Cidade o Povo, ministro das Cidades agradece GladsonC  por apoio em Brasília]

Que apoio, doutor GladsonC?

Só rindo mesmo!

Quá Quá Quá!



Definindo o pagamento dos 25 mil dos Soldados da Borracha

perpetua e ministros

A deputada Perpétua em reunião com os ministros Mercadante e Ricardo Berzoini tratando do pagamento dos 25 mil dos Soldados da Borracha.

Se depender dela, os velhinhos fiquem tranquilos.

Agora se depender do doutor…



PMDB/PSDB entendem de Apito

mbittar facebook

No seu Facebook, pelo menos taí o seu nome e avatar, o deputado MBittar tentou tirar um sarro (na verdade pura inveja de tucano) da solenidade de entrega das 400 casas da Cidade do Povo.

Disse MBittar: ‘Com tantos indiciados na Operação G-7 participando de solenidades públicas é importante que o governo comece a distribuir apitos nas inaugurações’

MBittar recordou dos tempos áureos do PMDB/PSDB no poder no Acre.

Esse Governo (PMDB/PSDB) foi quem gestou, deu luz e fez crescer a Conta Flávio Nogueira (o maior assalto ao povo do Acre conhecido até hoje).

A Oposição entende bem de Apito.

Quando ouve o ‘Apito Flávio Nogueira!’  leva susto.

O Acre todo apitou para que os delinquentes da Flávio Nogueira fossem presos e devolvessem o que roubaram (e não foi pouco) do povo.

Nunca foram e nunca devolveram.

Aos mais jovens: A Conta Flávio Nogueira funcionava assim: o governo da época (adivinha quem era?), na década de 80, aplicava os recursos do Estado (milhões e milhões) na ciranda financeira e no fim do mês os cabeças dividiam os ganhos…

Todos os beneficiários desse crime (impune até hoje) são ricos e milionários.

Todos!

E vivem desfilando na cidade e no país como se nada tivessem feito.

Uns cínicos.

Em tempo: em 2004 eu entrevistei em Portugal (na cidade do Porto) Carlos Abrantes, que contou os detalhes da Flávio Nogueira.

Em tempo 2: leia post de 2004, mesmo ano que estive em Portugal, do blogueiro Altino Machado sobre esse tema, aqui



Flaviano na Cidade do Povo

Quá Quá Quá!

Depois da solenidade de entrega das Casas às famílias na Cidade do Povo, quando já escurecia, o deputado Flaviano Melo, curioso, foi ver se era mesmo verdade o que diziam.

E foi até à Cidade do Povo.

Chegou em carro com vidro fumê e, já seguro que ninguém o notaria, baixou os vidros…

Pra quê…!

Se deu mal.

Os moradores o reconheceram e deram-lhe uma estrepitosa vaia.

Contou seu Martins que foi assim:

Uhhhhhhh!! Uhhhhhhhhhh!! Uhhhhhhhhh!!

Quem disse que ele desceu para conferir se as casas eram de tijolos mesmo.

Flaviano ‘capou o gato’  imediatamente.



Vídeo

Tem saudades dos fantasmas do PSDB?

Com PHA na BAND.

A maioria não tem.

O Brasil vivia de joelhos para o FMI.


Por hoje, FIM