Sede do Incra é posto fixo para inscrição no CAR em Rio Branco

O primeiro posto fixo do Cadastro Ambiental Rural (CAR) em Rio Branco começou funcionar nesta terça, 10, na Sala da Cidadania, na sede do Incra, no Aviário e conta com três cadastradores capacitados para atender.

Francisco de Oliveira Rocha foi o primeiro produtor a fazer o cadastro. Ele tem 54 hectares de terra no Projeto Humaitá e, como está fazendo um financiamento no banco, precisa fazer o cadastro. “O atendimento foi rápido, agora é esperar pelo recibo e dar continuidade ao meu crédito rural. Não paguei nada pra fazer o cadastro, isso é muito bom”, disse o produtor.

O novo superintende do Incra, Reginaldo Ferreira, falou sobre a importância do trabalho e da parceria com o governo do Estado. “O momento é de muita alegria ao assumir a superintendência e já começar esse trabalho com o cadastro, que nos aproxima do produtor. Queremos intensificar e apoiar ações com o produtor rural”, afirmou.

A Federação dos Trabalhadores do Acre (Fetacre) também vai participar da ação mobilizando sindicatos e associações, para isso foi assinado um termo de cooperação técnica pelo seu presidente, Manoel Cumaru.

“Nós só chegamos até aqui graças ao protagonismo do governador Tião Viana. que não mediu esforços para que o CAR seja realizado em todo o Estado. E, com o apoio do Fundo Amazônia, vamos ter, além dos 11 postos fixos, mais cinco itinerantes. O cadastro é obrigatório para todos, além de ser a certidão de nascimento da propriedade rural, é segurança jurídica para o dono da terra”, disse Edegard de Deus, secretário de Meio Ambiente.

[divulgação agana]