Pe. Paolino diz que Congregação Servos de Maria ameaçou sair de Sena Madureira

Em conversa exclusiva com oestadoacre.com, logo após visita do senador Jorge Viana, Pe. Paolino Baldassari, 88, revelou que por pouco a sede e a casa onde mora, mantida pela Congregação Servas de Maria, não foi desativada no município.

-Eu disse: podem desativar, mas eu não vou embora daqui de Sena Madureira.

Depois da resistência de Paolino, recursos da congregação foram enviados para igreja reformar por completo a casa onde mora Paolino, seus colegas padres e os iniciantes da igreja, que moram também no mesmo local.

-Hoje temos um local bom para morar, mas quase foi desativado. Só que eu disse que não sairia de Sena – completou o vigário.

Sobre a Copa do Mundo no Brasil foi direto quando perguntando por quem torce, se Brasil ou Itália.

-Com 60 anos de Acre torço pelo Brasil, claro.