Professores da UFAC vão apresentar trabalhar na reunião da SBPC

Pesquisadores da Universidade Federal do Acre (Ufac) irão apresentar 46 trabalhos durante a 66ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorre de 22 a 27 de julho, no campus da Ufac, em Rio Branco. Os professores da Ufac irão discutir temas como a “Proteção das invenções biotecnológicas”; “Serpentes peçonhentas e acidentes ofídicos no Brasil”; “Amazônia: o desafio da formação e fixação de doutores”, “Fósseis do cenozoico do Acre: uma janela paleobiológica na Amazônia Ocidental”, entre outros.

No total, serão 199 atividades, com a participação de pesquisadores renomados do Brasil e exterior, e gestores do sistema estadual e nacional de ciência e tecnologia. Haverá 51 conferências, 62 mesas-redondas, 54 minicursos, 16 encontros, 7 sessões especiais, 5 assembleias. A programação completa e outras informações sobre a 66ª Reunião Anual podem ser obtidas no site da SBPC (http://www.sbpcnet.org.br/riobranco/home/).

A programação da 66ª Reunião Anual da SBPC foi preparada com o objetivo de levar aos participantes um panorama amplo do que melhor se faz em ciência hoje no Brasil e no estado do Acre. Entre os temas que serão debatidos nas conferências, estão “Ciência e Tecnologia: Imperativo para o desenvolvimento Brasileiro”; “Reservas Extrativistas 25 anos depois”; “O Brasil no espaço – as aplicações e os serviços oferecidos por satélites”; “Biodiversidade e sociedades tradicionais na Amazônia”; e “O uso de animais em pesquisas e no ensino”, entre outras. Entre os temas discutidos nas mesas-redondas estão: “Amazônia: O desafio de formação e fixação de doutores”; “Os impactos socioambientais da exploração de petróleo e gás de xisto no Acre”; “O marco civil da internet”, e outros.

Junto com a 66ª Reunião Anual da SBPC serão realizadas também a SBPC Jovem, a ExpoT&C e a SBPC Mirim. A SBPC Jovem teve sua primeira edição em 2003, durante a 55ª Reunião Anual. Desde então, acontece todos os anos. Trata-se de um evento com atividades que visam despertar o interesse dos jovens pela ciência e tecnologia. A programação contará com oficinas, salas temáticas e apresentações culturais.

Novidades

Nesta edição a SBPC prepara um conjunto de novidades. Pela primeira vez, a entidade realiza o “Dia da Família na Ciência”, atividade que passará a fazer parte das reuniões anuais da SBPC. Tradicionalmente, as reuniões começavam no domingo e encerravam na sexta-feira, da mesma semana. A de Rio Branco será a primeira que começará numa terça-feira, com encerramento no domingo, da mesma semana. A intenção é atrair as famílias e a população de forma geral para o maior evento científico do Brasil.

Outra novidade é a SBPC Indígena. Com esta proposta, está inclusa na programação científica uma série de debates acerca do universo indígena como “Os povos indígenas e as políticas públicas”, “Índios isolados no Acre”, “Os povos indígenas e a universidade – discutindo as possibilidades e as políticas atuais”, além da realização de rituais e apresentações musicais de povos indígenas do Brasil, Bolívia e Peru.

[divulgação ufac]