Dona Auriclene recebe a sua casa do governo do Acre: ‘Meu Natal será muito melhor’

Para os coxinhas que têm casa, carro, Iphone e tudo mais, a declaração de Dona Auriclene Moreira, não tem importância nenhuma.

Mas pra ela e outras 770 famílias tem e muito.

Hoje foram entregue mais sete centenas e meia de casas na Cidade do Povo.

Tião Viana fez a entrega.

As obras foram possíveis graças ao governador e a quem?

A ela, Dilma!

E a seus programas federais de inclusão social, coordenados, nesse caso, pela Caixa Econômica.

Casas que quase tiveram suas obras prejudicadas, pois a Oposição ficou em Brasília no começo do ano tentando melar o projeto.

Para se beneficiar nas eleições.

Mas não conseguiu.

Agora já mais de 3,3 mil famílias atendidas com casa própria e em área segura, que não alaga.

E a vida segue em frente para essas famílias…

Com um gostinho do que é felicidade.

J R Braña B.

 

Da AG do Gov

Tião Viana entrega mais 771 casas na Cidade do Povo

Autor (a); Nayanne Santana

Uma nova etapa começa nesta segunda-feira, 1, para 771 famílias que terão como novo endereço a Cidade do Povo, o maior bairro planejado já construído no Acre, com toda a infraestrutura adequada para elas. O governador Tião Viana fez a entrega das chaves das casas durante solenidade numa das vias do bairro.

“A emoção é grande de receber esta casa. O lugar em que eu morava era bastante feio. Eu moro no Taquari há onze anos. Todos os anos, tenho que enfrentar alagação, cobra no quintal, muita imundície. Agora espero muitas melhoras, porque vou sair daquele sofrimento. Meu Natal vai ser muito melhor”, comemora Auriclene Moreira, que morava em área de risco e está sendo beneficiada com unidade habitacional na Cidade do Povo.

“São 3.343 famílias que não pagaram um centavo para ter direito a uma moradia digna, nova. Aqui elas têm esgoto, água, energia, rua pavimentada, escola, saúde e um ambiente de segurança”
Tião Viana

 

15926556455_fb7db51906_h


Um mundo melhor para as famílias

Tião Viana declarou que faz a entrega das moradias em nome da presidente Dilma Rousseff, a quem o governador ressaltou ser a grande responsável por o maior programa habitacional do estado se tornar realidade, e em nome do ex-presidente Lula, que deu início ao “Minha Casa, Minha Vida” no Brasil.

“Essas casas aqui na Cidade do Povo têm que simbolizar a vontade de um mundo melhor, de paz, onde a gente possa conviver na tolerância e na esperança. Estamos num período de Natal, quando pais e avós vêm para cá com suas crianças, e nós procuramos com essas equipes dar o melhor”, afirmou Tião.

O governador frisou que as 771 famílias beneficiadas na primeira etapa da Cidade do Povo não pagam nada para receber as moradias. Todas as famílias viviam em áreas de risco, que alagam durante as cheias do Rio Acre, e parte vivia no aluguel social. “São 3.343 famílias que não pagaram um centavo para ter direito a uma moradia digna, nova. Aqui elas têm esgoto, água, energia, rua pavimentada, escola, saúde e um ambiente de segurança”, completou.

(…)