Alto Acre: mais investimentos em estação e captação de água

Em Assis Brasil o fornecimento de água já é 24 horas. Brasileia e Epitaciolândia, em breve, será do mesmo jeito –
J R Braña B.

 

AG Gov
Jaqueline Teles

Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia, no Alto Acre, receberam neste fim de semana a visita do diretor-presidente do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Edvaldo Magalhães, que esteve nas estações de tratamento e unidades de captação de água.

Nesses municípios há poucos problemas de abastecimento. Em Assis Brasil, por exemplo, o fornecimento é ininterrupto – água 24 horas na torneira das donas de casa. Contudo, será necessária a construção de uma nova Estação de Tratamento Água (ETA) para que os serviços possam continuar sendo desenvolvidos de forma satisfatória.

Em Brasileia e Epitaciolândia, há cobertura de rede em praticamente toda a cidade, porém, o fornecimento é com intermitência. Segundo o presidente Edvaldo Magalhães, esse problema será resolvido com os novos investimentos previstos a partir deste verão.

“Nós temos um convênio com a Funasa de mais de R$ 2 milhões, por meio do qual vamos realocar a estação de captação no Rio Acre, implantar uma nova adutora de água bruta, de água tratada da ETA até o reservatório de Brasileia e adutora de água tratada do Reservatório de Brasileia até o reservatório de Epitaciolândia. A partir desses investimentos, vamos colocar água 24 horas nas residências”, explicou Magalhães.

Ainda de acordo com ele, a construção da nova ETA de Assis Brasil será feita por meio da parceria com a Funasa.

“Em Assis Brasil nós vamos substituir a ETA compacta existente por uma ETA metálica aberta, e substituir também o flutuante existente na captação, uma obra orçada e R$ 1,8 milhão”, disse.

depasa
Diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães