Ciência Sem Fronteira: jovem brasileiro se destaca na Nasa e irá ao espaço (Presidenta o parabeniza)

Só possível devido ao programa Ciência Sem Fronteira, do governo federal.

Brasileiro venceu mais de 100 concorrentes do mundo todo no teste da Nasa.

J R Braña B. 

 

GovFed

Dilma parabeniza estudante que será primeiro brasileiro civil a ir ao espaço

ciencia sem fronteira

A presidenta Dilma Rousseff parabenizou na sexta-feira (17), por meio de sua conta no Twitter, o estudante Pedro Nehme, pela conquista de ser o primeiro brasileiro civil a ir ao espaço, ainda neste ano.

Pedro, de 23 anos, é estudante de Engenharia Elétrica daUniversidade de Brasília (UnB) e bolsista da Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTI), estagiou na Nasa e, conforme destacou a presidenta em sua mensagem, foi da primeira turma do Ciência sem Fronteiras.

Nehme foi selecionado após vencer um concurso com outros 129 mil concorrentes de todo o mundo e fará um voo suborbital. Ele terá a missão de levar ao espaço um experimento, selecionado pela AEB, capaz de avaliar os diversos aspectos fisiológicos relacionados à exposição do corpo humano ao ambiente de microgravidade e hipergravidade, decorrentes de um voo suborbital tripulado.

A seleção do experimento para a viagem está sendo feita por meio do 5º Anúncio de Oportunidade (5º AO), do Programa Microgravidade da AEB. O edital é direcionado a escolas públicas de educação básica, em parceria com instituições de ensino superior (IES).

Competição
A competição foi promovida em 2013, por uma empresa aérea holandesa . O desafio consistia em adivinhar em qual ponto iria estourar um balão de alta altitude, monitorado por câmeras e GPS.

Dentre todos os candidatos, Pedro foi o que mais se aproximou do resultado final, vencendo a disputa. Atualmente, o estudante auxilia no desenvolvimento dos programas da AEB.

T def