Terceirização: Empresários agradecem seus aliados na política (e os trabalhadores ficam chupando o dedo)

J R Braña B.

As críticas contundentes deste sítio – o único do Acre – contra o PL 4330, da Terceirização, uniu os empresários e seus representantes políticos na Câmara dos Deputados. 

A Acisa – entidade que congrega os empresários do Acre – está no seu papel de classe.

Hoje veio com enorme e caro anúncio na mídia do Acre enaltecendo o voto contra os trabalhadores dos quatro deputados federais do estado, a saber: Alan Rick, Jéssica Sales, César Messias e Flaviano Melo.

Os empresários do Acre e do Brasil estão em festa, pois conseguiram passar na Câmara (ainda não acabou essa luta, falta o senado) o PL4330, o PL da Escravidão, que vai transformar o Brasil, como diz a juíza do Trabalho Patrícia Almeida Ramos, presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho de São Paulo, em carcaças de empresas.

Mas os empresários não estão preocupados com os trabalhadores.

Nunca estiveram.

Estão preocupados somente com seus ganhos, o que é a essência do capitalismo, que tem que explorar até a última gota de sangue dos trabalhadores para obter cada vez mais lucros.

A Acisa com este anúncio agradece os seus aliados do Acre no Congresso Nacional.

Os quatro deputados estão perfilados ao lado dos patrões, pois, como eles, são da mesma classe.

E os trabalhadores?

Muito trabalhadores do Acre, com pouca consciência, ajudaram a eleger esses quatros aí de cima.

Que, na primeira oportunidade, dizem bem alto que não foram para Brasília para defender os direitos dos trabalhadores.

Que trabalhadores, que nada!

E os sindicatos, vão ficar olhando a banda passar?

Do lado do trabalhadores ficaram outros quatro deputados, a saber: Angelim, Leo, Sibá e Rocha. 

E ainda tem alguns que dizem que a luta de classe é coisa do passado.

A luta para manter as conquistas sociais de 60 anos no Brasil está apenas começando.

Não não vai acabar nem ficar pouco.

Chegou a hora dos trabalhadores acreanos – e brasileiros – voltarem às ruas!

Sem luta é derrota certa!

[abaixo, anúncio pago na imprensa do Acre pelos empresários para agradecer seus fieis aliados eleitos em outubro passado]

terceirização voto