Tião Viana: ‘Gritaremos contra o dinheiro de empresas para os partidos’

A executiva nacional do PT decidiu no último encontro que não receberá mais recursos de empresas para campanhas do partido e seus candidatos.

A medida pôs em saia justa um dos ministros do STF, Gilmar Mendes, que pediu vistas ao projeto que trata desse assunto e que os outros seis ministros da corte já votaram pelo fim do financiamento de empresas para partidos.

Gilmar está há mais de ano com o pedido de vista e não devolve para o plenário, o que gerou nas redes sociais e parte da imprensa fora do PIG a campanha #devolveGilmar.

Aqui no Acre, o governador Tião Viana, depois do encontro do PT realizado no sábado, publicou que também está de acordo com o fim do financiamento privado para partidos.

-No Congresso Nacional do PT, gritaremos pelo fim do financiamento empresarial aos partidos políticos… – escreveu na sua conta do Twitter.

 

pt encontro
PT realizou encontro no sábado em Rio Branco, no auditório da Educação.

pt sem financ privado