AAL: Todo apoio ao gentílico Acreano e distancia de ‘acriano’

Assino embaixo também.

J R Braña B. – 

 

AgGov
Ana Paula Pojo

Governador se reúne com a diretoria da Academia Acreana de Letras

O governador Tião Viana se reuniu na Casa Civil, na tarde desta terça-feira, 21, com os membros da diretoria da Academia Acreana de Letras (AAL).

Presidida por Luísa Lessa, a direção da AAL mostrou ao governador as políticas de valorização da cultura acreana desenvolvidas pela instituição e pediu o apoio do governo em defesa do gentílico acreano, para que a tradição e os costumes sejam conservados no Estado.

Na ocasião, a direção da AAL aproveitou para debater outros assuntos. Entre eles, a promoção de intercâmbios culturais, de oficinas, seminários e workshops que favoreçam a promoção de atividades literárias e linguísticas no Estado.

Para os membros, o melhor resultado do encontro foi a sinalização positiva do governo em criar um prêmio literário de abrangência nacional para a AAL.

“Foi muito gratificante e rico o encontro com o governador, que é nosso confrade na Academia. É uma grande conquista a criação desse prêmio literário nacional”, comentou Luísa Lessa.

Tião Viana destacou que a Academia Acreana de Letras merece toda a valorização em razão do importante papel que exerce na sociedade.

“É uma alegria enorme poder acolher a diretoria. Como membro e governador, quero fazer o melhor pela Academia”, assegurou Tião Viana.

A Academia Acreana de Letras

A AAL é uma das instituições mais importantes do Acre. Ela possui literatos, historiadores, gramáticos, médicos e grandes personalidades do mundo científico, literário e acadêmico em seu quadro de imortais. Tião Viana é membro da AAL desde 2009.

Como proposta para melhorar a estrutura da instituição, o governador propôs, ainda, um novo espaço para a sede da AAL, que deve ser definido junto à diretoria e à Secretaria de Estado de Educação (SEE).

Foto: Gleilson Miranda/Secom
Fotos: Gleilson Miranda/Secom

aal