Entrevista no rádio: Deputado Gerlen Diniz tá aprendendo (a)

 

J R Braña B. 

Ouvi a entrevista que o Sorriso Show fez com o deputado do PP que pretende ser prefeito de Sena Madureira pelo partido do senador GladsonC, seu padrinho político.

É um direito democrático dele e de qualquer um.

Uma detalhe me chamou atenção:

Gerlen estava calmo.

Bem diferente de sua atuação na Câmara de Vereadores de Sena e na Aleac, como deputado.

Está menos raivoso.

Não chamou ninguém de ladrão.

E não negou a política.

Porque antes, na câmara por exemplo, negava a política.

E todo ‘político’ que nega a política é uma temeridade.

Falou em alianças, o que é muito bom.

Gerlen descobriu na Aleac que política é aliança.

Na política não existe o Eu Sozinho.

Bem, ouvi e gostei pelo Gerlen, que ainda é um jovem (40 e poucos anos) e pode melhorar seu desempenho como político.

Precisa fazer oposição, sim, porém sem ira, sem ódio, sem transpirar virulência.

Se compreender isso pode crescer…

Se não, a política não perdoa quem age com ódio e com sectarismo infantis.

Política é bondade, conversa, espírito público e ser aberto para ouvir.

Aqui embaixo o áudio da entrevista do Gerlen feita pelo comunicador Sorriso Show, da FM Dimensão, de Sena