Panama Papers: oposição com as mãos e pés dentro

 

Do GGN:

Panama Papers revela nomes da oposição com offshores suspeitas

Jornal GGN – A nova revelação de abertura de offshores pela empresa Mossack Fonseca, no paraíso fiscal Panamá, mantidas por políticos e poderosos de todo o mundo com indícios de crimes (sejam pelas suspeitas da origem ilícita dos recursos ou pela não declaração à Receita) traz o Brasil como o sétimo país do ranking de offshores que operaram, entre 1977 e 2015.

Frustando as expectativas das buscas da Lava Jato, as investigações da imprensa a nível mundial não trouxeram provas contra nomes ligados ao PT. Mas contra o PMDB, PSDB e partidos da oposição.

panama papers

(…)

PS:

Globo pagou US$ 10 mi a offshore por direitos de transmissão

 

panama papers1