Com o governo ilegítimo, adeus Ferrovia Bioceânica!

J R Braña B.

 

Não serão poucos os prejuízos aos estados do Norte com a entrada pela porta dos fundos do governo ilegítimo, sem votos e golpista do Temer.

Uma dos prejuízos imediatos é o breque do Brasil na relação com o Brics.

Com a China, especialmente.

Era essa nação a grande interessada em construir a Ferrovia bioceânica, que passaria por Rondônia, Acre e ia até o Peru.

Adeus, Ferrovia!

O governo ilegítimo do Temer, com apoio do PSDB, jamais deixará uma obra de libertação nacional como essa sair do papel.

Até a ponte do Madeira corre risco de paralisação.

Não é isso, DNit?

Certeza mesmo com o governo ilegítimo só as medidas contra o povo que eles já preparam.

Falar em preparar, prepare o lombo você que é trabalhador, assalariado,aposentado…

ferrovia bio