Hospital de Sena: falta entender e aproveitar os pregões vigentes

 

hospital-de-sena

Primeiro para constatar:

Foi este blog que deu a dica à direção do hospital de Sena sobre os recursos de portaria que estavam dormindo no sistema da Sesacre.

A partir do alerta do blog a direção do HJCF, no dia seguinte, foi atrás das informações.

No post anterior sobre este assunto citamos que o hospital não havia feito os pedidos (enviados os projetos) para começar a receber os equipamentos.

Oficialmente não consta no Centro de Demandas (CD) da secretaria de Saúde para providências (enviar ao hospital os equipamentos) porque os pedidos do hospital de Sena não se apoiaram em pregões (licitação) já vigentes, que facilitariam adquirir os equipamentos que a unidade tanto necessita num prazo razoável.

Se não consta no CD, não existe…se não existe é por que ainda não chegou ao CD.

Alguns dos pedidos foram feitos, é verdade, como disse a direção do HJCF, porém, como não aproveitaram carona em pregões vigentes a previsão para o hospital de Sena ver esses equipamentos….Bote…!!!! Só Deus sabe!

Correr atrás de pregões vigentes para facilitar a aquisição de materiais para o hospital é de competência da direção da unidade.

Não só de Sena, mas de todas as unidades dos municípios e da capital também.

Os recursos estão disponíveis na Sesacre (recursos com nomenclatura Indígenas somam mais de Meio Milhão de Reais…) e cabe aos gestores do município de Sena correrem atrás.

A própria lista de pedidos apresentada pela direção do HJCF que este blog publicou na sexta não tem data definida para ser atendida….por quê? Novamente, porque o pedido não utilizou um pregão já vigente de compras na Sesacre.

Resultado: os poucos equipamentos já pedidos deverão chegar a Sena SO-MEN-TE no segundo semestre de 2017, se chegar…ou ficar para as calendas gregas. 

Tudo por conta do bendito pregão vigente, nesse caso não vigente – que a direção do HJCF não prestou atenção em verificar e acompanhar para ganhar tempo e melhorar as condições da unidade de saúde.

Na sexta, este blogueiro recebeu e enviou mensagem via celular com o diretor Juza Bispo, que reconhece o empenho de oestadoacre.com para ajudar a melhorar o hospital de Sena.

Leia o que conversamos depois de Juza publicar no grupo do whaltsapp deste blog as cópias dos pedidos (aqueles que não acompanharam os tais pregões vigentes e que por isso não serão atendidos tão cedo)

[12:07, 16/12/2016]: Vamos responder, Juza…o blog vem tentando ajudar o hospital há tempo.
[12:10, 16/12/2016] Juza: Sei disso amigo, sei disso
[12:10, 16/12/2016] Juza: Não nego de jeito nenhum
[12:11, 16/12/2016] Juza: Vc é parceiro não só do hospital, mas da nossa cidade, sei bem do seu compromisso amigo
[12:13, 16/12/2016] Juza: Mas qualquer informação amigo me dê uma ligada que a gente esclarece na hora meu velho se for do nosso alcance.

Ou seja, a própria direção do hospital reconhece o papel que este blog tem em relação à melhoria das condições do único hospital de Sena Madureira.

O que basta para nós.

J R Braña B.

 
PS: faltou ainda mais uma informação importante sobre os recursos não aproveitados…mas, parece, que o corporativismo entrou em ação e impediu que fosse repassada  a este blog. Mas conseguirei. Breve. Quem teria entrado em ação, hein?